domingo, 18 de abril de 2021

PÍLULAS

Publicidade

Baú migalheiro

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Em 8 de abril de 1973, há 48 anos, morreu Pablo Ruiz Picasso, pintor espanhol. É considerado um dos grandes mestres do século XX e o artista que mais fama alcançou fora do âmbito profissional, pois existem mais de 1.500 obras suas em museus que recebem o nome de "Museu Picasso". Sua obra imensa em número, em variedade e em talento, estende-se ao longo de mais de setenta e cinco anos de atividade criadora, que o pintor compaginou sabiamente com o amor, a política, a amizade e um exultante e contagioso gozo da vida. Após a Segunda Guerra Mundial, Picasso se instalou no sul da França, lugar que frequentou desde os anos vinte. Sua vitalidade artística o levou à cerâmica e à escultura. Também sua abundante obra gráfica merece por si só um lugar de privilégio na história da arte moderna. Sua legendária vitalidade dionisíaca não o abandonou até sua morte, a qual o surpreendeu em 8 de abril de 1973, em plena atividade criadora.

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Atualizado em: 8/4/2021 11:51