quarta-feira, 23 de setembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Primeira Fase do Exame de Ordem tem reprovação recorde

A primeira fase do Exame de Ordem da OAB/SP 126

 

Exame de Ordem OAB/SP

 

Primeira Fase do Exame de Ordem tem reprovação recorde

 

A primeira fase do Exame de Ordem da OAB/SP 126, realizado em maio deste ano, apresentou o pior desempenho já registrado na primeira fase da história das provas. Dos 21.156 inscritos, estiveram presentes 20.268 bacharéis, dos quais somente 2.475 (12,2%) foram aprovados para a segunda fase. No exame com pior percentual de aprovados (o número 124) foram habilitados na primeira fase o dobro de candidatos. "A Seccional vê com preocupação e tristeza esse resultado, porque retrata uma conseqüência, em boa parte, da deficiência do ensino jurídico no Brasil. O Exame de Ordem quer mesmo saber se o bacharel tem condições de atuar no mercado de trabalho. É uma proteção à profissão e aos interesses do cidadão, porque seu desempenho pode trazer prejuízos aos clientes e à imagem da Advocacia", afirma o presidente da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D'Urso.

 

A segunda fase, que acontece no dia 22/5, com aplicação de prova prático-profissional, acessível apenas aos candidatos aprovados na prova objetiva, e compreende de redação de peça profissional, privativa de advogado e quatro questões práticas, sob a forma de situações problema. Para o presidente da OAB/SP, "é lamentável que o desempenho nessa primeira fase desta edição do Exame de Ordem se configure como o pior da história, principalmente, porque nesta primeira fase as questões são apresentadas na forma de teste de múltipla escolha, o que deixa evidente que os cursos de Direito não estão conseguindo preparar adequadamente os alunos para conhecer o básico da profissão". A prova deste Exame de Ordem foi preparada pelos mesmos professores do Exame 125, onde o desempenho ficou dentro da média histórica, embora apresentando o mesmo grau de dificuldades", afirma Luiz Flávio Borges D'Urso.

 

O primeiro Exame deste ano, n° 125, realizado em janeiro (primeira fase) e fevereiro (segunda fase), teve um percentual de 20,65% de aprovados. Fizeram inscrição 27.724 bacharéis, estiveram presentes 26.912 e foram aprovados 5.727.

 

Exame 126 (maio/2005)

 

Inscritos - 21.156

Presentes - 20.268

Aprovados primeira fase 2.475 (12,21%)

 

Exame 125 (janeiro/2005)

 

Inscritos - 27.724

Presentes - 26.912

Aprovados na primeira fase - 10.306 (38,29%)

Aprovados finais - 5.727 (20,65%)

 

Exame 124 (setembro/2004)

 

Inscritos - 19.660

Aprovados primeira fase 5.024 (25,55%)

Aprovados finais 1.686 (8,57%)

 

Exame 123 (abril/2004)

 

Inscritos - 21.774

Aprovados primeira fase 5.762 (26,46%)

Aprovados finais 2.878 (13,21%)

 

Exame 122 (dezembro/2003)

 

Inscritos - 29.733

Aprovados primeira fase 14.905 (50,12%)

Aprovados finais 7.487 (25,18%)

__________

 

 

 

 

 

 

 

 

___________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 1/1/1900 12:00

Compartilhar