segunda-feira, 12 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Ampliação do Fórum de Trindade/GO aumenta espaço em mais de 3 mil metros

Com a responsabilidade de atender a uma população de aproximadamente 110 mil habitantes, a comarca de Trindade/GO comemorou a inauguração da ampliação do prédio do Fórum no final da manhã do dia 25/1. Com a obra, a sede do Judiciário aumenta seu espaço em 3.700 metros quadrados e passa a abrigar sete varas e um juizado. O antigo prédio possuia 1.704 metros quadrados.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011


Obras

Ampliação do Fórum de Trindade/GO aumenta espaço em mais de 3 mil metros

Com a responsabilidade de atender a uma população de aproximadamente 110 mil habitantes, a comarca de Trindade/GO comemorou a inauguração da ampliação do prédio do Fórum no final da manhã do dia 25/1. Com a obra, a sede do Judiciário aumenta seu espaço em 3.700 metros quadrados e passa a abrigar sete varas e um juizado. O antigo prédio possuia 1.704 metros quadrados.

O diretor do Foro, juiz Agostinho Gonçalves França, afirma que a partir de agora magistrados e servidores terão melhores condições de trabalho para realizarem a tramitação de 17 mil processos e os jurisdicionados mais conforto no atendimento. Ele acredita que o prédio atenderá por várias décadas o crescimento populacional do município em plena expansão, conhecido como a capital da fé em Goiás. Em seu discurso, França ressaltou o compromisso do TJ/GO em garantir melhores condições de trabalho e atendimento ao público. "A visão empreendedora do presidente do TJ, desembargador Paulo Teles, eleva a melhores níveis os serviços do Judiciário, destinado a garantir a prestação jurisdicional igualmente a todos", disse, apontando o biênio 2009/2011 como um período voltado para os anseios das comarcas do interior.

A construção é tida como uma das obras mais baratas por metros construídos pelo coordenador de obras do TJ/GO, Antônio Nery, que somou um valor total de R$ 5.326.000,00. O projeto da obra foi assinado pela arquiteta Milena Fleury e todo desenvolvido na Coordenadoria de Obras do Tribunal. "Não é um edifício comum, é a casa da Justiça, pão que carece a sociedade", declarou. Nery ainda destacou que o nome de Paulo Teles entra definitivamente no Judiciário Nacional como um intrépido realizador de obras.

O prefeito de Trindade, Ricardo Fortunato, demonstrou satisfação com a entrega da ampliação do prédio do fórum e ressaltou que a conquista mostra a necessidade de unir os poderes com o objetivo comum de proporcionar melhor qualidade de vida aos cidadãos. Ele ainda ressaltou Paulo Teles como aquele que faz a história acontecer.

Durante a ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Trindade, vereador Valdivino Barbosa, e o vereador Marcos Lago anunciaram entrega de título de cidadania ao presidente do TJ/GO. Lago foi o propositor da homenagem, aprovada por unanimidade entre os vereadores da casa, em virtude dos relevantes trabalhos prestados à comunidade do município.

"Esperei muito por esse dia para dirigir minhas palavras ao presidente do TJ como um cidadão comum. Hoje, a Justiça de Trindade tem seu valor à altura do Judiciário goiano", afirmou Lago. O vereador ainda disse a Paulo Teles que quando ele assumiu o achava um sensacionalista com interesses políticos, mas quando veio as eleições e o desembargador não saiu como candidato, percebeu que o presidente do TJ/GO, na verdade, era um homem cheio de amor ao próximo, que aproximou a Justiça do povo e tornou o Judiciário mais humano com a realização de várias ações que proporcionaram a redução da taxa de congestionamento de processos e novas formas de solução de conflitos. Também foram homenageados Antônio Nery, com título de honra ao mérito, o juiz Cláudio de Castro, a diretora da Diretoria Judiciária do TJ/GO, Delza Maria, e a secretária da Diretoria do Foro, Sandra Gonçalves Dias.

Em seguida, o vice-presidente da OAB/GO, Sebastião Macalé, relembrou a história da Ordem como a entidade civil de maior respeito do Brasil e seu engajamento em todos os momentos históricos do país. Macalé ainda demonstrou reconhecimento pelo trabalho desenvolvido por Teles a frente do TJ/GO, que recebeu um placa de agradecimento, juntamente com a esposa, Maria do Socorro Ribeiro Teles, das mãos do presidente da Subseção da OAB de Trindade, Theondorley Rodrigues.

As palavras de Lago somadas às de Valdivino Barbosa, Agostinho França, Ricardo Fortunato e Sebastião Macalé emocionaram o presidente do Tribunal de Justiça, que não segurou as lágrimas durante seu discurso e afirmou que a data era o momento de agradecer juízes e servidores pelos resultados positivos de sua gestão. Mantendo seu discurso baseado na importância da aproximação do magistrado à sociedade, Teles reforçou que o juiz não pode ser visto como alguém fechado em uma vitrine e inacessível à população. "Somos iguais a todos os demais membros da sociedade", registrou.

"Que aqui não pise nenhum juiz que não respeite seu semelhante, não tenha sensibilidade, ou não tenha independência para julgar, porque a população espera de nós uma conduta exemplar perante a sociedade. Que o juiz seja cuidadoso e estude o processo antes de julgar", afirmou. Teles ainda chamou o Judiciário goiano de tricampeão e destacou a conquista de duas premiações no ConecJus na área de meio ambiente e educação corporativa e também o primeiro lugar no Conciliar é Legal, na categoria Tribunais, com apresentação de projeto abordando o trabalho desenvolvido pelas Bancas de Conciliação, o Justiça Móvel de Trânsito e os Centros de Pacificação Social. O presidente do TJ/GO lembrou da ministra do STJ e corregedora nacional da Justiça, Eliana Calmon, que apontou os Estados de Sergipe e Goiás como os melhores judiciários do País.

Também estavam presentes o secretário de assuntos estratégicos, Fernando Cunha, representando o governador Marconi Perillo, o corregedor geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho, o vice-presidente do TRE, desembargador Rogério Arrédio, o diretor do Foro de Goiânia, juiz Carlos Elias da Silva, o presidente da Asmego, juiz Átila Naves Amaral, o juiz-auxiliar da Presidência, Wilton Muller Salomão, a juíza de Direito substituta em segundo grau, Avelirdes Almeida Pinheiro de Lemos, os juízes Roberto Neiva (Itumbiara), Ricardo Prata, Cláudio Henrique Araújo de Castro, Fernando Ribeiro de Oliveira, e Eduardo Cardoso Gerhardt, o diretor geral do TJ/GO, José Izecias de Oliveira, o diretor administrativo do TJ/GO, Paulo Castro, o juiz aposentado Neutow de Aquino Teles, o vice-prefeito de Trindade, Arquivaldo Leão Leite, os promotores José Antônio de Sá e Francisco Bandeira de Carvalho Melo, dentre outras autoridades locais e servidores.

________________
_________

Fonte : TJ/GO

_________
________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 27/1/2011 12:50

LEIA MAIS