segunda-feira, 10 de maio de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Júri simulado marca recepção de calouros na FDUSP

Um júri simulado sobre o julgamento do desembargador José Cândido de Pontes Visgueiro, aulas magnas e visitas monitoras são as várias atividades que ocorrem na recepção dos novos alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Recepção

Júri simulado marca recepção de calouros na FDUSP

Um júri simulado sobre o julgamento do desembargador José Cândido de Pontes Visgueiro, aulas magnas e visitas monitoras são as várias atividades que ocorrem na recepção dos novos alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP). Os eventos, sob coordenação do professor titular José Rogério Cruz e Tucci, ocorrem de 21 a 25/2.

A programação inclui visitas ao MP, ao Tribunal de Justiça e à Defensoria Pública, além de o aluno conhecer o Departamento Jurídico "XI de Agosto" e a Biblioteca da Faculdade.

Serão diversas palestras jurídicas. As aulas inaugurais, para os períodos manhã e noite, terão como temas, respectivamente, "Limitações ao Direito de Propriedade" proferida pelo professor titular Carlos Alberto Dabus Maluf; e "Pessoa Natural e Novas Tecnologias", sob responsabilidade da professora titular Silmara Juny de Abreu Chinellato.

De acordo com o presidente da comissão organizadora da Semana de Recepção dos Calouros, professor José Rogério Cruz e Tucci, a programação é consistente e tem o objetivo de evitar qualquer deturpação do trote. "A expectativa de todos os integrantes da omissão da SEREC é a de que o trote seja mesmo um momento de sonho, alegria, vitória e festa para todos os novos alunos, que estão iniciando essa caminhada", disse Tucci.

Tanto a abertura quanto o encerramento da programação serão feitos pelo diretor da Faculdade de Direito, professor Antonio Magalhães Gomes Filho. Ele destaca que os calouros devem receber todas as condições para se integrarem nessa nova caminhada acadêmica.

As atividades serão encerradas no dia 25/2 com a Festa de Integração Calouro Acadêmico. A programação completa está na página da FDUSP (clique aqui).

Júri simulado

O júri simulado terá a coordenação da professora-doutora Mariângela Magalhães Gomes, e tratará do "Caso Pontes Visgueiro", que ocorreu em São Luís do Maranhão.

O desembargador alagoano José Cândido Pontes Visgueiro, um homem de mais de 60 anos, solteiro e com deficiência auditiva, apaixonou-se por Maria da Conceição, conhecida em São Luís como Mariquinhas.

Em agosto de 1873, Pontes Visgueiro convidou-a para ir à sua casa e acabou por assassiná-la brutalmente. O homicídio foi marcado por requintes macabros e bizarros.

Após o crime ter sido descoberto, a população se revoltou. Ele foi preso e julgado. Orientado por seu advogado, Franklin Doria, alegou insanidade para convencer o Judiciário. Acabou condenado à prisão perpétua, livrando-se da pena de morte.

____________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 8/2/2011 14:47

LEIA MAIS