domingo, 9 de maio de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

O julgamento de Otelo

quarta-feira, 21 de setembro de 2011


O julgamento de Otelo

Misturando dramaturgia e Direito, no dia 23, juristas de renome nacional julgarão o general mouro da literatura Shakespeariana.

Além da proposta diferenciada, "O Julgamento de Otelo" ainda parte do resgate histórico do Centro Acadêmico Hugo Simas (CAHS), de Direito da UFPR, que, a fim de comemorar seu 80º aniversário, decidiu reencenar o espetáculo realizado uma única vez anteriormente, em 1961.

Na montagem, o ator veterano Danilo Avelleda retorna ao papel de Otelo, o maior destaque em sua carreira. Na ocasião, entretanto, ao invés de optar pela morte, como na obra de Shakespeare, o personagem se dirige ao banco dos réus, onde responde pelo crime de assassinato da esposa Desdêmona. Diretamente do Rio de Janeiro, o doutor Técio Lins e Silva é o responsável pela acusação.

Na defesa do mouro, figura o doutor Jacinto Nelson de Miranda Coutinho, professor titular de Direito da UFPR. Daniel Avelar, juiz da 2ª vara do Tribunal do Júri de Curitiba, foi convidado para ser também o juiz do espetáculo.

Remanescentes da apresentação de 1961, Munir Karam e René Ariel Dotti também participam da montagem, apresentando o julgamento. A direção cênica fica por conta de José Plínio Taques.

O Julgamento de Otelo

  • Data: 23/9/2011
  • Horário: 20h30
  • Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão (Rua XV de Novembro, 971 - Curitiba/PR)
  • Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)
  • Locais de venda: Tribunal do Júri, Ordem do Advogados do Brasil, Centro Acadêmico Hugo Simas, Teatro Guaíra.
  • Informações: clique aqui.

______________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/9/2011 08:27

LEIA MAIS