domingo, 17 de outubro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. OAB/SP assina convênio para receber denúncias de racismo
Convênio

OAB/SP assina convênio para receber denúncias de racismo

A OAB/SP assina hoje, 16, às 10h, na sede da seccional, um Convênio com a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania para que a Ordem atue como órgão receptor de denúncias de crime de racismo.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011


Convênio

OAB/SP assina convênio para receber denúncias de racismo

A OAB/SP assina hoje, 16, às 10h, na sede da seccional, um Convênio com a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania para que a Ordem atue como órgão receptor de denúncias de crime de racismo.

Participam da assinatura o presidente da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D'Urso; a secretária de Justiça e Cidadania, Eloisa de Sousa Arruda; e o presidente da Comissão de Igualdade Racial, Eduardo Pereira da Silva.

O convênio terá duração de 30 meses, a partir da data de assinatura, e não envolve repasses de recursos materiais e/ou financeiros entre os participantes. Visa "contribuir para a construção de uma Rede de Superação à Discriminação Preconceito e intolerância envolvendo as diversas instâncias de discussão".

"Esse convênio tem um papel importante porque, diante da capilaridade da OAB/SP, o cidadão passará a ter mais locais para apresentar sua denúncia de crime de racismo, a qual será encaminhada à Secretaria de Justiça para a apuração competente. Nas 225 subsecções da Ordem em todo o Estado, a comunicação terá a acolhida necessária nesse momento de sofrimento da vítima", explica Eduardo Pereira da Silva, presidente da Comissão da Igualdade Racial da OAB/SP.

Para o presidente D'Urso, esse é mais um serviço de cidadania prestado pela OAB/SP. "A vítima de discriminação racial fica fragilizada, abalada com a violência sofrida, que pode ocorrer em qualquer espaço, tais como estabelecimentos comerciais, escola, ambiente de trabalho ou até na porta giratória de um banco. Nas 225 subsecções da OAB/SP, receberemos a denúncia de qualquer ato discriminatório, dando o devido encaminhamento junto à Secretaria da Justiça e Cidadania", ressalta D'Urso.

_________

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 16/11/2011 08:07