Migalhas

Sábado, 29 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Nem as legítimas?

Presidente do STJ divulga esclarecimentos acerca da vestimenta permitida no Tribunal

O presidente do STJ, ministro Ari Pargendler, divulgou nota de esclarecimento acerca da vestimenta permitida no Tribunal, após o jornal Folha de S.Paulo informar ontem, 14, que sandálias estilo gladiador não agradariam em nada o gosto do presidente.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Nem as legítimas?

Presidente do STJ divulga esclarecimentos acerca da vestimenta permitida no Tribunal

O presidente do STJ, ministro Ari Pargendler, divulgou nota de esclarecimento acerca da vestimenta permitida no Tribunal, após o jornal Folha de S.Paulo informar ontem, 14, que sandálias estilo gladiador não agradariam em nada o gosto do presidente.

Segundo o matutino, "duas cartolinas com fotos dos modelos reprovados e autorizados estão numa das entradas da Corte". Diz o matutino que a etiqueta Pargendler também não permite que mulheres entrem nos plenários de calça jeans.

Na nota, o presidente da Corte Superior afirma que as notícias são "falsas" e que "apenas está proibido o uso de chinelos 'tipo havaianas'".

Veja abaixo.

___________

Esclarecimento à sociedade

Há alguns dias, a coluna do jornalista Claudio Humberto divulgou que os enfeites de Natal estavam proibidos no Superior Tribunal de Justiça por ordem de seu Presidente. Notícia falsa. Os ambientes do Tribunal estão decorados com motivos natalinos.

A notícia foi veiculada sem que o Tribunal fosse ouvido a respeito.

Na edição de hoje, a Folha de São Paulo publicou matéria assinada pelos jornalistas Andreza Matais e Felipe Seligman, segundo a qual o Presidente proibiu, no âmbito do Superior Tribunal de Justiça, o uso de “sandálias tipo gladiador” e também de “calças jeans”. A reportagem desce a detalhes, tais como o de que “duas cartolinas com fotos dos modelos reprovados e autorizados estão numa das entradas da corte”. Notícia falsa. Apenas está proibido o uso de chinelos “tipo havaianas”.

Nesse caso, a notícia foi divulgada sem que seus autores tivessem o cuidado de ler o ato normativo que dispõe sobre a vestimenta de servidores e visitantes nas dependências do Superior Tribunal de Justiça – acessível no site deste ou mediante simples consulta no Google.

Ari Pargendler

Presidente do Superior Tribunal de Justiça

___________

patrocínio

últimas quentes

-