quinta-feira, 2 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Títulos protestados no Sudeste tiveram alta de 9,6% no início de 2012

Em abril de 2012, o número de títulos protestados na região cresceu 17,5%.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Nos cinco primeiros meses do ano o total de títulos protestados na região Sudeste cresceu 9,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados da Boa Vista Serviços. Na comparação com abril de 2012 o número de títulos protestados na região cresceu 17,5% e na comparação com maio do ano passado o aumento foi de 3,8%.

O aumento no acumulado no ano é superior à média nacional (9,2%), que por sua vez sofreu maior influência da região Norte (17,9%). O valor médio dos títulos protestados na região Sudeste foi de R$ 2.242 e ficou abaixo da média nacional (R$ 2.607). A tabela 1 mostra os números citados para o total de títulos protestados (pessoa física e pessoa jurídica) no país.


Pessoa jurídica

 Separando os títulos protestados de empresas e famílias, o número de títulos protestados de empresas subiu 19,3% no acumulado do ano e 10,1% na comparação com maio de 2011. Ambos os valores ficaram acima das médias nacionais, que foram altas de 13,9% e 6,4% respectivamente. Na comparação com abril deste ano houve alta de 19% nos títulos protestados de PJ. O valor médio das dívidas ficou em R$ 2.663. A tabela 2 mostra os números citados para os títulos protestados de PJ.



Pessoa Física

Considerando somente os títulos protestados de pessoas físicas houve queda de 3,4% no acumulado de do ano. Na comparação com abril deste houve aumento de 15,2% e na comparação com maio de 2011 houve queda 4,8%. O valor médio das dívidas foi de R$ 1.569, abaixo da média nacional (R$ 2.049). A tabela 3 mostra os números citados para os títulos protestados de PF.

_________

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram