quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Greve no TRT da 2ª região gera pedido de suspensão de prazos processuais
Ofício

Greve no TRT da 2ª região gera pedido de suspensão de prazos processuais

Servidores pleiteiam reajuste de 31% na remuneração.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Os servidores do Judiciário Eleitoral e Federal estão em greve desde o último dia 8. Os funcionários públicos querem a aprovação pelo Congresso de um plano de cargos e salários que promoverá um reajuste de 31% na remuneração. Segundo o sindicato da categoria, os servidores não têm aumento desde 2006.

Em função da paralisação, os presidentes da OAB/SP e da AATSP - Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo, Marcos da Costa e Cláudio Peron Ferraz, respectivamente, encaminharam nesta quinta-feira, 23, ofício reiterando o pedido ao presidente do TRT da 2ª região, desembargador Nelson Nazar, para suspender os prazos processuais na JT.

O ofício ressalta a "constatação da crescente adesão dos servidores ao movimento grevista" e solicita imediata suspensão dos prazos até a total normalização dos serviços forenses. Destaca, ainda, que a situação está provocando sérios prejuízos e "trazendo insegurança jurídica aos jurisdicionados quanto à celeridade e ao regular processamento dos feitos".

"As reivindicações dos servidores são justas, mas a paralisação vem trazendo uma série de transtornos ao exercício da advocacia, inclusive, atropelando prerrogativas profissionais, o que pode refletir negativamente sobre o direito do jurisdicionado", afirmou Marcos da Costa.

O primeiro pedido da OAB/SP e da AATSP para suspender os prazos, que foi encaminhado ao TRT da 2ª região no dia 8, afirma que o fechamento de cartórios em decorrência paralisação impediu o acesso a processos por parte dos advogados.

___________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 24/8/2012 09:22