quinta-feira, 15 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Cartão Vermelho: Manifesto dos árbitros brasileiros condena comportamento de Edílson Carvalho

x

quarta-feira, 28 de setembro de 2005

 

Cartão Vermelho

 

Os árbitros de futebol divulgaram ontem manifesto sobre o envolvimento do juiz Edílson Pereira de Carvalho na manipulação de resultados em jogos do Campeonato Brasileiro, da Taça Libertadores e do Campeonato Paulista.

 

Em reunião na sede do Sindicato dos Árbitros do Estado de São Paulo os integrantes da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf) repudiaram o comportamento de Carvalho e concordaram em iniciar um trabalho para recuperar a credibilidade da categoria nos jogos que restam do Campeonato Brasileiro.

 

Banido do quadro da federação e suspenso pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), Carvalho perdeu também o apoio dos colegas de profissão.

 

__________

 

Confira abaixo na íntegra nota da SAFESP, da ANAF e a resolução que exclui Edílson Pereira de Carvalho do Sindicato.

 

__________

 

NOTA DO SAFESP

 

 ESCÂNDALO DA ARBITRAGEM  

 

O SAFESP - Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo -, através do seu presidente, Sérgio Corrêa da Silva, vem a público se manifestar a respeito das denúncias publicadas pela Revista Veja em sua edição que chegou às bancas no último sábado, dia 24 de setembro de 2005: 

 

1 - Em nenhum momento esta entidade ou algum dos seus membros diretores teve qualquer tipo de envolvimento e nem mesmo tomou conhecimento de que havia um esquema de fabricação de resultados envolvendo filiado (s) deste sindicato. 

 

2 - A prova cabal disso é que nem a Revista Veja, órgão que divulgou os fatos, e nem a Polícia Federal, entidade responsável pela apuração dos mesmos, mencionaram ou mesmo aventaram tais hipóteses.   

 

3 - A CEAF - Comissão de Arbitragem do Estado de São Paulo -, cumprindo o que determina a legislação vigente, realizou sorteios públicos para todas as rodadas dos Campeonatos Paulistas de todas as séries deste ano. Muitos deles tiveram a participação efetiva de autoridades de outras esferas da sociedade, fato que tornou ainda mais imparcial a maneira de se definir os trios de arbitragens de todas as partidas. 

 

4 - É posição do SAFESP que todos os envolvidos nas denúncias de escândalo da arbitragem sejam punidos de forma exemplar e banidos dos quadros aos quais estejam inseridos.

 

5 - Contudo, cabe-nos lembrar que erros cometidos por um não significam que toda uma classe profissional esteja envolvida ou mesmo concorde com este tipo de atitude. 

 

6 - Por fim, cumpre-nos lamentar profundamente que este episódio tenha ocorrido, mas também lembrar que o futebol brasileiro, pentacampeão mundial, está acima de todos estes problemas e, certamente, ficará ainda mais forte e mais respeitado a partir do momento em que todos os envolvidos, sejam eles árbitros ou não, tenham seus crimes comprovados e sejam exemplarmente punidos nas esferas esportiva e criminal. 

 

SAFESP

Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo

 

Sérgio Corrêa da Silva 

presidente

 

___________

 

 

Resolução nº 115/05 SAFESP

 

Exclusão de Associado

 

Sérgio Corrêa da Silva, presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo - SAFESP, no uso de suas atribuições legais, considerando a letra "d", do Art. 6º Código de Ética

 

RESOLVE

 

Art. 1º - Excluir "ad-referendum" do Conselho de Ética e da Assembléia Geral, o Associado EDÍLSON PEREIRA DE CARVALHO.

 

Art. 2º - Acompanhar, por intermédio, do Departamento Jurídico o andamento do processo para adotar novas medidas.

 

Art. 3º - Determinar a convocação do Conselho de Ética e da Assembléia Geral para o devido referendo desta decisão.

 

Art. 4º - Esta Resolução entra em vigor a partir desta data, revogadas as disposições em contrário.

 

Art. 5º - A Secretaria fica incumbida do registro e divulgação da presente Resolução.

 

São Paulo, 26 de Setembro de 2005.

 

Sérgio Corrêa da Silva 

Presidente

 

_________

 

NOTA DA CATEGORIA DOS ÁRBITROS 

 

A ANAF - Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (futura Federação Brasileira dos Árbitros de Futebol), manifesta-se a respeito das várias notícias veiculadas na imprensa, desde as denúncias publicadas pela Revista Veja, que chegou às bancas no último sábado, dia 24 de setembro de 2005: 

 

1 - A entidade nacional reprova o comportamento do Sr. Edílson Pereira de Carvalho e/ou de outros árbitros que por ventura tenham tido tal comportamento, sejam punidos e deixem o futebol de forma definitiva. 

 

2 - Os árbitros, desde 2003, são designados por sorteios pela Comissão Nacional, presidida por Armando Marques e, conforme amplamente divulgado, a entidade dos árbitros sempre foi contra tal sistema que, com tal episódio, demonstrou sua ineficácia, mas, pelo menos, serviu para demonstrar que, neste caso e até o presente momento, os dirigentes de comissões não têm responsabilidades. 

 

3 - Ressaltamos que os procedimentos inadmissíveis de um árbitro não significam que a categoria concorde ou esteja envolvida, portanto não podemos deixar de alertar que quaisquer problemas advindos da generalização pura e simples serão cobrados.

 

4 - Após todos os envolvidos, sejam eles árbitros ou não, tenham seus crimes comprovados e sejam exemplarmente punidos nas esferas esportiva e criminal, o futebol seguirá seu curso natural de sucesso e, tais elementos, serão lembrados como pessoas indignas de fazerem parte desta grande família, chamada Futebol. 

 

São Paulo, 27 de setembro de 2005 

 

José de Assis Aragão 

Presidente

 

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 28/9/2005 09:53