Migalhas

Quinta-feira, 2 de abril de 2020

ISSN 1983-392X

Lotação

Juíza propõe contenção de novos presos em penitenciária de Taubaté

Presídio tem capacidade para 768 detentos, mas abriga atualmente 1.957 presos.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

A juíza de Direito Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª vara das Execuções Criminais de Taubaté/SP, propôs à Corregedoria Geral da Justiça a interdição parcial do Centro de Detenção Provisória da cidade para impedir o ingresso de detentos até que a população carcerária se torne compatível com a capacidade projetada para a unidade prisional.

O presídio tem capacidade para 768 detentos, mas atualmente abriga 1.957 presos. "Cerca de 2 mil homens se amontoam em minúsculas celas, ociosos e desprovidos de condições minimamente necessárias de higiene e salubridade, constituindo algo que não se pode classificar de outra forma senão de degradação humana", relatou a magistrada.

Sueli Armani lembrou que, recentemente, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, classificou como "medieval" o sistema penitenciário brasileiro. Em evento sobre segurança pública realizado no último dia 13 em SP, Cardozo disse que "se fosse para cumprir muitos anos de prisão em alguns presídios brasileiros, preferia morrer".

Veja a íntegra da proposta da juíza.

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

-