quinta-feira, 23 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Silvio Teixeira Moreira, desembargador e colunista migalheiro, falece no RJ
Falecimento

Silvio Teixeira Moreira, desembargador e colunista migalheiro, falece no RJ

Aos 76 anos, ele estava internado devido a complicações decorrentes de um câncer.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

O desembargador Silvio Teixeira Moreira faleceu nesta quinta-feira, 3, aos 76 anos. Ele estava internado desde o dia 27/12 devido a complicações decorrentes de um câncer, diagnosticado no mês de setembro.

Silvio Teixeira Moreira se formou pela Faculdade Nacional de Direito em 1961 e atuou como advogado por nove anos. Em 1970, tomou posse como Promotor de Justiça do Estado de SP. Três anos depois, Moreira ingressou nos quadros da magistratura do então Estado da Guanabara, exercendo quase todos os cargos possíveis no judiciário fluminense, desde juiz eleitoral até desembargador do TJ/RJ, onde era integrante da 5ª. Câmara Criminal, quando se aposentou em 2006.

Em 2009 ele abriu o escritório Silvio & Gustavo Teixeira Advogados Associados, fruto da realização de um sonho familiar de pai e filho. O velório será realizado hoje no Memorial do Carmo e o corpo será cremado nesta sexta-feira, 4.

Currículo

A longa carreira do desembargador é composta, entre outros, por sua atuação como Professor de Latim no Colégio Piedade (Rio de Janeiro, de 1957 a 1959); Professor-Assistente de Direito Civil na Faculdade de Direito de Itapetininga/SP (1971 a 1973); juiz de Direito do então Estado da Guanabara; Professor Titular de Direito Penal na Faculdade de Direito da Universidade Estácio de Sá (Rio de Janeiro, nos anos de 1984 a 1986); juiz Eleitoral entre 1986 e 1991, quando se tornou membro efetivo do TRE/RJ; colaborador e conferencista da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro - EMERJ; Membro da Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB.

O professor escrevia a prestigiada coluna migalheira Latinório.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 3/1/2013 11:07