domingo, 7 de março de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Transporte aéreo

Trip é condenada por adiantar horário de voo sem comunicar passageiros

Cada um dos seis passageiros receberá R$ 19 mil por danos morais.

domingo, 8 de setembro de 2013

A 13ª câmara de Direito Privado do TJ/SP determinou que uma empresa de transporte aéreo regional, a Trip Transporte Aéreo, indenize seis passageiros por ter adiantado o horário do voo de Recife a Fernando de Noronha, sem a ciência dos clientes. Cada um deles deverá receber R$ 19 mil, a título de danos morais.

Os autores noticiaram que a companhia aérea adiantou o horário previsto para o voo entre as localidades, daí porque não conseguiram embarcar, tampouco ser colocados em outro avião. Diante da situação, fretaram um táxi aéreo, no valor de R$ 11.220. Requereram o reembolso do valor das passagens para o pagamento de tal despesa.

A relatora do recurso, desembargadora Zélia Maria Antunes Alves, afirmou que "relevante anotar que os autores dirigiram-se ao balcão da empresa aérea com a antecedência recomendada, mas, como o horário do voo nº 5518 havia sido adiantado pela companhia aérea, sem que tivessem conhecimento, e como a aeronave estava decolando, não puderam embarcar".

A desembargadora destacou que "a empresa é responsável pela devolução dos valores das passagens adquiridas e não utilizadas pelos autores, bem como pelo ressarcimento do valor total relativo ao pagamento do táxi aéreo contratado para a realização do transporte, em seu lugar, impondo-se a procedência da ação".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 8/9/2013 10:29