quarta-feira, 21 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Sumiço

Réu foge de fórum antes de ser condenado no interior de SP

Aurelito Borges Santiago fugiu sem ser percebido durante o intervalo da audiência.

quarta-feira, 12 de março de 2014

O ex-segurança Aurelito Borges Santiago, acusado de matar o estudante Rodrigo Bonilha em 2008, na cidade de Ribeirão Preto/SP, foi condenado a 21 anos e 4 meses de prisão, mas fugiu do fórum antes de a juíza de Direito Isabel Cristina Alonso dos Santos, da 2ª vara do Júri e das Execuções Criminais, proferir a sentença.

A presença de policiais no local não impediu a fuga. Santiago aproveitou para escapar no momento em que a audiência foi suspensa por 30 minutos para que o Conselho de Sentença se reunisse a fim de definir o veredicto. Na volta do intervalo, a ausência do réu foi notada. Nem mesmo seu advogado soube explicar o sumiço. Santigo é considerado, agora, um foragido da Justiça.

O caso

Na época do crime, Bonilha tinha 18 anos. Ele e mais quatro amigos saíam a pé de uma lanchonete, onde haviam parado para comer depois de uma festa, quando atravessaram uma rotatória próxima ao buffet Renato Aguiar e pegaram uma placa de publicidade que estava no chão. Começaram, então, a brincar com o objeto. Ao passarem pelo buffet, um dos rapazes deixou a placa cair, fazendo um enorme barulho. Em seguida, Bonilha foi atingido nas costas por um tiro disparado pelo segurança.

Santiago alegou que os jovens faziam arruaça na rua e que não tinha intenção de atingir Bonilha. Ele garante que atirou para cima para espantar os garotos.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 12/3/2014 09:06

LEIA MAIS