sábado, 25 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Um dos cotados para assumir uma das vagas no STF deve causar verdadeiro pandemônio no mundo jurídico

Um dos cotados para assumir uma das vagas no STF deve causar verdadeiro pandemônio no mundo jurídico

quarta-feira, 4 de janeiro de 2006

 
 
Nota da Redação - A notícia abaixo foi publicada em Migalhas 1.327, de 5/1/2006, e já em Migalhas 1.328, de 6/1/2006, fazíamos mea culpa por divulgar um simples boato que, pelo absurdo, não poderia deixar de ser - como de fato era - mera especulação de ocasião. Como o reconhecimento dos erros do passado dignificam as vitórias do futuro, veja abaixo a nota :
--------
 
Quid pro quo

"Deus! ò Deus! onde estàs que não respondes?"
Castro Alves

CF/88

Art. 101. O Supremo Tribunal Federal compõe-se de onze Ministros, escolhidos dentre cidadãos com mais de trinta e cinco e menos de sessenta e cinco anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada.

No STF, ao que parece, surgirão três vagas este ano : a de Velloso é certa, pois sua aposentadoria é compulsória; a de Jobim ainda é incerta, depende da politicalha; e, a de Sepúlveda - que se diz cansado com o cargo - é decisão que só a ele pertence. Como apurou este rotativo, no loteamento da Corte as vagas assim serão preenchidas :

  • a primeira, de Velloso (19/1), é de escolha do ministro da Justiça, já para garantir, pois provavelmente depois não esteja mais pelo Planalto Central;

  • a segunda, entra nos acordos para a sucessão e, portanto, passará pela joeira de Jobim, e que para agradar "os PMDBs" escolherá um nome ligado à legenda; e

  • a terceira, será de escolha pessoal de Lula.

Para a primeira, o ministro certamente colocará um grande nome do meio jurídico, que honrará o cargo.

Na segunda, incógnita. Pode até vir uma agradável surpresa, como também....

Para a terceira, até ontem já tinha dono. Depois de ter perdido a disputa pela presidência na Câmara para Severino Cavalcanti, o que lhe poupou de uma cassação (a decapitação era certa, independente de quem fosse), o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh já até teria encomendado a indumentária para a posse.

Entretanto, tudo mudou. Apareceu quem define. Fonte plantada no 3º andar do Planalto garante ter ouvido ontem o nome de quem será - sem discussão - o indicado por Lula. E, Migalhas já avisa, vai causar um verdadeiro bulício no meio jurídico.

Tornando-se este ano um sex, um sexagenário, o advogado que pode vir a ser o escolhido não poderá fazer o que sempre fez, pelo menos, nos próximos oito anos.

  • CF/88

Art. 55. Perderá o mandato o Deputado ou Senador:

II - cujo procedimento for declarado incompatível com o decoro parlamentar;

_____________

  • LC 64/90

Art. 1º São inelegíveis:

I - para qualquer cargo:

(...)

b) os membros do Congresso Nacional, das Assembléias Legislativas, da Câmara Legislativa e das Câmaras Municipais, que hajam perdido os respectivos mandatos por infringência do disposto nos incisos I e II do art. 55 da Constituição Federal, dos dispositivos equivalentes sobre perda de mandato das Constituições Estaduais e Leis Orgânicas dos Municípios e do Distrito Federal, para as eleições que se realizarem durante o período remanescente do mandato para o qual foram eleitos e nos oito anos subseqüentes ao término da legislatura; (Redação dada pela LCP 81, de 13/04/94)

Assim, seria-lhe aprazível uma colocação que desse visibilidade diária, além de outras vantagens.

Segundo as informações que nos chegam, ainda pendentes de confirmação, um dos indicados para o STF será o advogado, nascido em 16/3/1946, formado em Direito pela PUC/SP, tendo colado grau em 20/12/1983 e que está inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil desde o dia 28/10/1987 : José Dirceu de Oliveira e Silva.

.

_______________________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 4/1/2006 12:16