terça-feira, 20 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

STJ

Às vésperas da compulsória, Ari Pargendler se afasta de julgamentos das turmas

Ministro faz 70 anos em outubro.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Com pouco mais de um mês para atingir a compulsória, em 11/10, o ministro Ari Pargendler decidiu se afastar dos julgamentos da 1ª turma do STJ, a qual integra.

De acordo com o ministro Napoleão Nunes Maia Filho, o motivo do afastamento foi justamente para "se poupar de fortes emoções" com os discursos de homenagem dos colegas.

A ausência de Pargendler, porém, não impediu que as elogiosas palavras fossem proferidas, a começar pelo presidente do colegiado. O ministro Napoleão ressaltou todo o conhecimento e familiaridade do ministro Ari na seara filosófica.

"A partir de hoje sentimos uma espécie de orfandade intelectual. Lamento a saída dele que, em minha opinião, é prematura. Ministro Ari é um dos mais ativos, um dos mais dinâmicos, que ficava o tempo todo aceso, atento, 'de pilha nova'."

Por sua vez, a nova integrante da 1ª turma, ministra Regina Helena Costa, lamentou a perda de um ministro com "ponderações sempre tão consistentes".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 9/9/2014 14:29