quinta-feira, 24 de setembro de 2020

MIGALHAS QUENTES

Finalistas

Prêmio Jabuti - Categoria Direito

Na categoria Direito, nomes de peso da comunidade jurídica.

Os finalistas do 56° Prêmio Jabuti, de 2014, na categoria Direito, já foram escolhidos. O prêmio é uma realização da Câmara Brasileira do Livro - CBL.


 

  • Confira abaixo os autores e seus respectivos livros :

1- Série IDP - Comentários à Constituição do Brasil

 

Autor: Ingo Wolfgang Sarlet, Lenio Luiz Streck, Gilmar Ferreira Mendes (coords.)

 

Editora Saraiva

 

2- Fundamentos para uma Teoria Jurídica das Políticas Públicas

 

Autor: Maria Paula Dallari Bucci

 

Editora Saraiva

 

3- Série IDP: Linha pesquisa acadêmica - Direito à saúde - paradigmas procedimentais e substanciais da Constituição

 

Autor: Alvaro Luis de A. S. Ciarlini

 

Editora Saraiva

 

4- Como decidem as Cortes? Para uma crítica do Direito (brasileiro)

 

Autor: José Rodrigo Rodriguez

 

Editora FGV

 

5- Série Direito, Desenvolvimento e Justiça: produção científica - Evolução do Direito Societário: lições do Brasil

 

Autor: Mariana Pargendler

 

Editora Saraiva

 

6- Compreender Direito

 

Autor: Lenio Luiz Streck

 

Editora Revista dos Tribunais

 

7- Direitos Humanos Atual

 

Autor: Flávia Piovesan e Inês Soares

 

Editora Elsevier - Campus Jurídico

 

8- Políticas Públicas e Direitos Fundamentais: elementos de fundamentação do controle jurisdicional de políticas públicas no estado democrático de Direito

 

Autor: Felipe de Melo Fonte

 

Editora Saraiva

 

9- A Gênese do Texto da Constituição de 1988

 

Autor: João A O Lima; Edilenice Passos; João R Nicola

 

Editora: João Alberto de Oliveira Lima

 

10- A forma da República

 

Autor: Cícero Romão Resende de Araújo

 

Editora WMF Martins Fontes

 

__________

História

A história do Prêmio Jabuti começa por volta de 1957, em um período repleto de desafios para o mercado editorial, com recursos escassos e baixa articulação do segmento. Apesar das adversidades, não faltava entusiasmo aos dirigentes da Câmara Brasileira do Livro naquela época. As discussões foram comandadas pelo então presidente da entidade, Edgar Cavalheiro e pelo secretário Mário da Silva Brito - dois intelectuais e estudiosos da literatura brasileira - e outros membros da diretoria do biênio 1955-1957 interessados em premiar autores, editores, ilustradores, gráficos e livreiros que mais se destacassem a cada ano.

Essas discussões em torno de uma "láurea" ou "galardão", como se dizia na época, ganharam forma na diretoria seguinte, de 1957-1959, presidida por Diaulas Riedel, a quem coube a confirmação da escolha da figura do jabuti para nomear o prêmio e a realização de concurso para a confecção da estatueta, vencido pelo escultor Bernardo Cid de Souza Pinto.

A primeira premiação ocorreu também na gestão do presidente Diaulas Riedel. No final do ano de 1959, em solenidade simples e despretensiosa realizada no auditório da antiga sede da CBL na avenida Ipiranga, foi feita a entrega do primeiro Prêmio Jabuti. Foram laureados autores como Jorge Amado, na categoria Romance, pela obra "Gabriela, Cravo e Canela". A Saraiva ganhou o prêmio de Editor do Ano.

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 1/1/1900 12:00