sexta-feira, 23 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Flagra

Romeu Queiroz tem suspenso direito a trabalho externo após ser visto em bar

Juíza da VEP já designou audiência para apuração dos fatos.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

O ex-deputado Federal Romeu Queiroz, condenado no processo do mensalão (AP 470), teve suspensos os benefícios do regime semiaberto, como trabalho externo e saídas temporárias.

A decisão foi proferida nesta terça-feira, 27, pela juíza de Direito Miriam Vaz Chagas, titular da VEP de Ribeirão das Neves/MG, após divulgação na sexta-feira, 23, de um vídeo no site do jornal "O Tempo", no qual o ex-deputado aparece com amigos em um bar em BH.

A magistrada designou audiência de justificação para março para apuração dos fatos e encaminhou ofício ao STF, para que este informe se será da competência do juízo de Ribeirão das Neves julgar a regressão de regime.

Condenado a 6 anos e 6 meses mais multa de R$ 828 mil pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Queiroz obteve o direito ao trabalho externo em junho de 2014.

Em dezembro do ano passado, o relator do processo no Supremo, ministro Roberto Barroso, negou a progressão de regime, porque Queiroz não tinha pago a multa imposta.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 28/1/2015 10:24

LEIA MAIS