sexta-feira, 23 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Autonomia

OAB realizará audiência para discutir PECs da advocacia pública

Conselheiro Federal da OAB/PB Carlos Frederico Nóbrega Farias foi autor do requerimento.

terça-feira, 2 de junho de 2015

Atendendo a pedido do conselheiro Federal da OAB/PB Carlos Frederico Nóbrega Farias, o Conselho Federal da Ordem realizará audiência pública para discutir as PECs 82/07, 443/09 e 17/12, que defendem a autonomia da advocacia pública, beneficiando advogados da União, da Fazenda, autarquias, além de procuradores de Estado e municípios.

A PEC 82 visa atribuir autonomia funcional e prerrogativas aos membros da Defensoria Pública, Advocacia da União, Procuradoria da Fazenda Nacional, Procuradoria-Geral Federal, Procuradoria das autarquias e às Procuradorias dos Estados, do DF e dos municípios.

A PEC 443, por sua vez, fixa como parâmetro para a remuneração dos advogados públicos um subsídio correspondente a 90,25% dos vencimentos dos ministros do STF, teto do funcionalismo. A PEC 17 institui a carreira de procurador municipal.

Audiência na OAB/PB

Em 17/4, também a pedido do conselheiro, a OAB/PB realizou uma audiência pública para debater as três PECs. Na oportunidade, Carlos Frederico pontuou a relevância de se discutir o conteúdo das propostas.

"É muito importante entender que o conjunto dessas propostas de Emendas Constitucionais são fundamentais, porque não há autonomia quando há dependência administrativa e financeira."

Na ocasião, o presidente da Ordem paraibana, Odon Bezerra, solicitou que os deputados Federais pelo Estado mobilizassem a bancada para votar favoravelmente à aprovação dessas PECs. O presidente do Conselho Federal da OAB, Marcos Vinicius Furtado Coêlho, enviou mensagem de apoio à seccional.

____________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 2/6/2015 08:21

LEIA MAIS