segunda-feira, 6 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Choque de gestão no judiciário paulista

terça-feira, 21 de março de 2006


Choque de gestão no judiciário paulista


O TJ/SP fará uma ampla reforma administrativa para integrar todas as secretarias (Judiciária, Orçamento e Finanças, Administração, Recursos Humanos e Tecnologia da Informação), com a utilização de recursos de forma integrada, evitando ações isoladas, que muitas vezes não proporcionam um resultado eficaz.


O TJ contratou o Instituto Nacional de Qualidade Judiciária (INQJ) para definir os objetivos estratégicos, planos e metas por secretaria e para a Presidência, além de mediar o direcionamento das atividades em três etapas.


No último dia 11 estiveram reunidos o presidente do Tribunal, desembargador Celso Luiz Limongi, os juízes assessores da Presidência e consultores do INQJ, para discutir o planejamento estratégico, as missões do TJ e das secretarias. Na quinta-feira posterior, (16/3) aconteceu a segunda reunião, com a participação das mesmas pessoas, com exceção do presidente do TJ, no gabinete dos desembargadores da Av. Paulista, quando foram aprofundadas as missões de todas as secretarias.


A terceira reunião contará com a presença do presidente do TJ, e em razão da sua agenda, a data ainda não está marcada. Com todas a missões definidas, será traçado o plano no sentido de permitir que cada secretaria tenha conhecimento das ações da outra, de forma coordenada.


O INQJ já havia sido contratado no ano passado para dar início ao Programa de Busca da Excelência Judiciária, com o objetivo de padronizar e tornar mais célere os procedimentos na área de gestão e administração, quando começou um projeto piloto nos fóruns de Santana e Itaquera, na capital paulista.
______________

Fonte: TJ/SP

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram