MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Projeto que cria Dia de Combate ao Bullying segue para sanção
Bullying

Projeto que cria Dia de Combate ao Bullying segue para sanção

Proposta foi aprovada pelo plenário do Senado nesta semana.

Da Redação

sábado, 9 de abril de 2016

Atualizado em 8 de abril de 2016 15:34

A data de 7 de abril deve entrar para o calendário como o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola. Projeto com essa finalidade (PLC 7/2014) foi aprovado pelo plenário do Senado nesta quinta-feira, 7, exatamente cinco anos depois do massacre de Realengo. Em escola desse bairro, no Rio de Janeiro, 12 crianças foram assassinadas a tiros. Há indicações de que o autor enfrentou na infância situações de bullying.

Ex-aluno do estabelecimento, o assassino contava então com 23 anos de idade. Depois de burlar a vigilância, invadiu a escola e passou a disparar tiros contra estudantes, professores e funcionários. Tirou a vida de dez meninas e dois meninos, com idades entre 13 e 16 anos. Depois de preso, ele justificou o ato como resposta a abusos de que teria sido vítima por muitos anos, praticados por antigos colegas.

O caso foi relembrado pela senadora Vanessa Graziottin, ao apelar ao presidente do Senado, Renan Calheiros, para que o projeto fosse incluído como item extrapauta na sessão do dia do aniversário da tragédia. Agora a matéria, originária da Câmara dos Deputados, seguirá para sanção presidencial.

A senadora havia sido a relatora do projeto na fase de exame na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). O autor, o ex-deputado Artur Bruno, do Ceará, justificou que a data dever servir a iniciativas que chamem a atenção para a preocupante questão do bullying, estimulando a reflexão.

Para Vanessa Grazziotin, a escolha da data da pior tragédia já ocorrida no país relacionada a esse tipo de problema reforça o apelo por mais empenho em medidas de conscientização. Segundo ela, o que ocorreu em Realengo motiva indagações sobre o padrão de desenvolvimento cognitivo e emocional proporcionado aos jovens.