sábado, 16 de outubro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Temer desiste do pedido de suspensão do inquérito no STF
Suspensão suspensa

Temer desiste do pedido de suspensão do inquérito no STF

Defesa diz não ter medo do resultado. No entanto, o placar aparentemente adverso nesta quarta-feira deve ter motivado o abandono do pedido.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

A defesa do presidente Michel Temer retirou, nesta segunda-feira, 22, o pedido de suspensão de inquérito que seria analisado pelo plenário do STF na quarta-feira.

No sábado, os advogados do presidente pediram a suspensão da investigação até que fosse realizada perícia nos áudios que foram apresentados contra Temer. Nesta segunda-feira, no entanto, a defesa comunicou ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, sobre a desistência do pedido.

Segundo o advogado Gustavo Guedes, Temer quer ver o caso elucidado e concluído o mais rápido possível. O que parece mais crível, no entanto, é que, ao computar o eventual placar, a defesa tenha antevisto uma derrota acachapante.

Entre pedidos e desistências, deu-se a primeira renúncia de Temer.

Perícia

De acordo com o causídico, a mudança na estratégia ocorreu depois que Fachin determinou que a Polícia Federal realizasse a perícia no áudio. Além de ter o pedido atendido, o advogado informou que a defesa de Temer contratou uma perícia particular que constatou 70 pontos de "obscuridade" no áudio. Guedes afirmou que, agora com perícia na qual confiam em mãos, o desejo é que o inquérito se ultime o mais rapidamente possível. A perícia foi incluída no inquérito.

O exame oficial da PF ainda será realizado.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 22/5/2017 16:34