segunda-feira, 19 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Era digital

Conferência da OAB/DF discute os desafios da advocacia no mundo digital

Confira como foi a abertura.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Na noite desta quarta-feira, 20, em Brasília, ocorreu a abertura da IX Conferência da Advocacia do Distrito Federal, na sede do Conselho Federal da OAB. Programação. O evento discutirá os desafios da advocacia no mundo digital também nesta quinta-feira, 21.

O presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia, realizou a abertura do evento e se disse muito satisfeito por receber a conferência em casa. "O tema que foi escolhido para esta conferência é absolutamente apropriado para o momento que vivemos. Vivemos o momento de Processo Judicial Eletrônico (PJe), que é uma solução para os problemas do Poder Judiciário, e que, infelizmente não se combina exatamente com a infraestrutura deste país. Nós não podemos pensar que o PJe é a solução de todos os nossos problemas, mas é uma realidade que deve ser enfrentada. Este é o momento em que também se discute a inteligência artificial e outros tantos temas que tem nos colocado hoje não mais como advogados analógicos, mas como advogados digitais, porque isto é absolutamente necessário".

Presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto apontou que os jovens advogados, por terem nascido na era digital, são usuários natos das tecnologias, dominando com facilidade as inovações impostas. Já os mais vividos tiveram que se adaptar a estas inovações e, de vez em quando, se deparam com a desafiadora necessidade de se aprimorar, pois conviver com a tecnologia é inevitável.

Responsável pela conferência de abertura, o sempre ministro do STF, hoje advogado, Ayres Britto, destacou as mudanças e os desafios advindos do avanço da internet.

"A comunicação de hoje é geograficamente esparsa, ela é a ponte para alcançarmos o patamar da globalidade, que é subitamente difusa e espontânea. Essa comunicação hipercomplexa nos obriga a ressignificar o sentido da nossa existência ou a gente se abre para o mundo da tecnologia digital ou a gente vai ser um ser humano do passado, absolutamente ultrapassado. A inclusão digital encurta a distância entre a semeadura e a colheita."

Ouça a íntegra da fala do ministro:

A segunda palestra da Conferência discutiu o papel do advogado como garantia do Estado de Direito. O membro honorário vitalício do Conselho Federal da OAB, Marcus Vinícius Furtado Coelho, declarou que o Estado de Direito poderá ser resumido como o Estado em que a Lei e a norma são aprovadas por todos.

"O Estado de Direito é tão verdadeiro em sua concepção que a aplicação da Lei se dirige a todos que o compõem. O advogado como instrumento é aquele que contribui para entidade democraticamente, que participa da formação da democracia com vontade popular e que contribui com a criação das normas."

Por fim, o advogado ressaltou que a tecnologia deve ser usada para ajudar o advogado a efetivar o Estado democrático de Direito e contribuir com a sociedade e com a OAB.

Ouça a íntegra:

Compuseram a mesa de abertura da Conferência o presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia; o presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto; a vice-presidente da OAB/DF, Daniela Teixeira; o secretário-geral da OAB/DF, Jacques Veloso de Melo; o diretor-tesoureiro da OAB/DF, Antonio Alves Filho; o ministro aposentado do STF, Ayres Britto; o desembargador do TJ/DF Flávio Rostirola; o membro honorário vitalício do CFOAB, Marcus Vinicius Furtado Coelho; os conselheiros federais da OAB/DF, Carolina Petrarca, Ibaneis Rocha, Marcelo Galvão, Severino Cajazeiras; o diretor-geral da Escola Superior de Advocacia, Rodrigo Becker; o presidente da Coordenação das Caixa de Assistência dos Advogados e da CAADF, Ricardo Peres; o secretário-geral da CAADF, Maxmiliam Patriota; o presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, Tiago Santana; o membro honorário vitalício da OAB/DF, Esdras Dantas; os desembargadores do TRE/DF Everardo Gueiros, Jackson Domenico e Flávio Britto, além dos presidentes das Subseções de Brazlândia, Jose Severino Dias; de Ceilândia, Edmilson Francisco de Menezes; do Gama e Santa Maria, Amaury Santos de Andrade; do Paranoá, Valcides José Rodrigues de Sousa; de Samambaia, Jose Antonio Gonçalves de Carvalho; de Sobradinho, Marcio de Souza Oliveira; e de Taguatinga, Lairson Rodrigues Bueno, na companhia de vários membros do conselho e das comissões da OAB/DF.


Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/9/2017 10:10