sábado, 2 de julho de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. STF publicará pesquisa sobre perfil jurídico de ministros

STF publicará pesquisa sobre perfil jurídico de ministros

X

segunda-feira, 17 de julho de 2006

 

Parceria

 

STF publicará pesquisa sobre perfil jurídico de ministros

 

A presidente do STF, ministra Ellen Gracie, entregou dia sexta-feira, 14/7, ao presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), ministro Marcos Vilaça, a primeira versão do perfil jurídico do ministro do STF, Aliomar Baleeiro. A ministra esteve reunida com Vilaça, no Rio de Janeiro, para propor uma parceria com a entidade na publicação dos estudos. O presidente da ABL considerou a proposta "muito interessante" e já encaminhou o perfil do ministro Baleeiro ao acadêmico Alberto Venâncio Filho, responsável pelas publicações da Academia.

 

"Memória Jurisprudencial" é o título da série de livros que irá traçar o perfil jurídico de ministros do STF, a partir da análise de seus julgados. O projeto teve início na gestão do ministro Nelson Jobim (aposentado) e o resultado do estudo deverá ser divulgado em breve no site do Supremo.

 

"Essa é uma contribuição expressiva para o Direito e para o Supremo", afirmou a secretaria de Documentação, Altair Damiani, sobre a importância do projeto.  Segundo ela, a intenção é resgatar o teor das decisões mais relevantes dos ministros, as quais ajudaram a construir a jurisprudência [conjunto de decisões judiciais proferidas num mesmo sentido sobre uma dada matéria] do STF e influenciaram na consolidação da ordem jurídica do país.

 

Segundo ela, cabe à Secretaria de Documentação reunir o material, fazer o levantamento de toda a produção jurídica dos ministros e, posteriormente, entregá-la para os pesquisadores - professores universitários, historiadores e magistrados -, responsáveis pela análise.

 

Altair Damiani informou que dois volumes da série, com os perfis dos ministros Victor Nunes Leal e Aliomar Baleeiro, já foram concluídos. Estão em fase de análise os perfis dos ministros Pedro Lessa, Castro Nunes, Orozimbo Nonato e Edgard Costa.  O coordenador acadêmico é o ministro Gilmar Mendes, que orienta a produção dos perfis.

 

Além da divulgação pela internet, o estudo será impresso, numa parceria do STF com o Senado Federal e com a Academia Brasileira de Letras. O trabalho consiste em selecionar os acórdãos mais importantes dos ministros e, a partir daí, é feita uma interpretação da técnica utilizada sob o ângulo jurisdicional.

 

A chefe da Secretaria ressaltou a complexidade do trabalho de seleção dos ministros que teriam suas decisões analisadas, uma vez que a pesquisa jurisprudencial deve ser feita paulatinamente. "Não podemos analisar todos os ministros ao mesmo tempo", disse a Altair, destacando que a pesquisa é muito minuciosa.

 

Imortais

 

Os laços entre o STF e a Academia Brasileira de Letras são antigos. Dez ministros do STF (Lúcio de Mendonça; Rodrigo Octávio Filho; Pedro Lessa; João Luís Alves; Ataúlfo de Paiva; Hermes Lima; Aníbal Freire; Candido Motta Filho; Evandro Lins; Oscar Dias Corrêa) são membros da ABL.

_____________

 

 

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 17/7/2006 07:49