sexta-feira, 20 de maio de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Associação Médica Brasileira quer revogação de norma sobre telemedicina
Saúde

Associação Médica Brasileira quer revogação de norma sobre telemedicina

Nova resolução do Conselho Federal de Medicina entra em vigor em março.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

t

A Associação Médica Brasileira emitiu nota pública na qual se manifesta pela revogação da resolução do Conselho Federal de Medicina que regulamenta a telemedicina no país.

A resolução 2.227/18 do CFM define a prática como a prestação de serviços médicos por intermédio da tecnologia e entra em vigor no próximo mês.

De acordo com a norma, a teleconsulta subentende como premissa obrigatória o prévio estabelecimento de uma relação presencial entre médico e paciente. Nos atendimentos por longo tempo ou de doenças crônicas, é recomendado consulta presencial em intervalos não superiores a 120 dias. 

Entre os aspectos da telemedicina regulamentados pela resolução estão a teleconsulta, o telediagnóstico e a telecirurgia.

  • Veja abaixo a nota oficial da AMB.

___________

A Associação Médica Brasileira vem a público posicionar-se pela imediata REVOGAÇÃO da Resolução CFM nº. 2.227/2018, que dá nova redação à regulamentação da Telemedicina no Brasil.

A decisão da diretoria da AMB foi tomada após receber manifestações formais das Federadas e das Sociedades de Especialidade filiadas à entidade. A medida faz-se necessária para ampliação do debate e construção de um novo regulamento, permanecendo até lá em vigência a Resolução CFM nº 1.643/2002.

Ainda hoje a AMB vai comunicar oficialmente o CFM sobre a decisão.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 22/2/2019 14:52