quinta-feira, 2 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Protesto

Ministro do STF e governador do Rio são hostilizados durante evento em Portugal

Em manifestação de estudantes, Alexandre de Moraes foi chamado de golpista. Veja vídeo.

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Um grupo de estudantes realizou manifestação em meio a uma sessão de seminário que acontecia na Universidade de Coimbra, em Portugal. O grupo protestava contra a participação do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, no evento.

t

Na sala, estavam presentes três ministros do STF: Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio.

Moraes também foi hostilizado pelos estudantes, que o chamaram de "golpista". Eles também gritavam "STF corrupto" e "STF vendido".

Manifestantes seguravam cartazes com os dizeres "Marielle presente", "Cadeia para Wilson Witzel" e "Com o STF, com tudo", e gritavam: "fascistas, golpistas, não passarão".

Alguns também carregavam laranjas. "Oitenta tiros, oitenta tiros", repetiam, referindo-se à morte de um músico pelo Exército em abril.

Organizadores tentaram conter a manifestação, enquanto os estudantes repetiam: "quem dá voz para fascista é fascista também." O evento foi encerrado.

informativo de hoje

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram