Migalhas

Quinta-feira, 2 de abril de 2020

ISSN 1983-392X

Vazamentos Lava Jato

Deltan Dallagnol montou plano para lucrar com fama da Lava Jato, dizem Folha e Intercept

Procurador discutiu criação de empresa na qual não apareceria como sócio para evitar questionamentos.

domingo, 14 de julho de 2019

Matéria deste domingo, 14, publicada na Folha de S.Paulo, aponta que o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, elaborou um plano de negócios para lucrar com a fama da operação, por meio de eventos e palestras.

A reportagem é mais uma da série em parceria com o site The Intercept Brasil, que obteve extenso material relativo à conversas entre procuradores e o então juiz Sergio Moro.

De acordo com a matéria, em um chat criado no fim de 2018, Deltan e um colega da Lava Jato discutiram a constituição de uma empresa na qual não apareceriam formalmente como sócios, para evitar questionamentos legais e críticas. Deltan Dallagnol teria explicado à própria esposa: Vamos organizar congressos e eventos e lucrar, ok? É um bom jeito de aproveitar nosso networking e visibilidade.”

t

Também foi debatida, segundo Folha/Intercept, a estratégia de criar um instituto para obter elevados cachês: “Se fizéssemos algo sem fins lucrativos e pagássemos valores altos de palestras para nós, escaparíamos das críticas, mas teria que ver o quanto perderíamos em termos monetários”, comentou Deltan com o integrante da força-tarefa.

As mensagens revelam ainda que Deltan incentivava outras autoridades ligadas à Lava Jato a realizar palestras remuneradas – incluindo o juiz Sergio Moro. A reportagem do matutino aponta ainda que, conforme dezenas de conversas analisadas, Deltan tinha grande interesse no valor de cada palestra. Novamente para a esposa, o procurador disse: "As palestras e aulas já tabeladas neste ano estão dando líquido 232k [R$ 232 mil]. Ótimo... 23 aulas/palestras. Dá uma média de 10k [R$ 10 mil] limpo."

Dallagnol também usou de duas funcionárias da secretaria da Procuradoria, tendo realizado pedidos de registro de recibos e documentos relativos a eventos, além de solicitações para que elas organizassem os convites que o coordenaor da operação recebia.

Em junho de 2018, Deltan convidou o ex-PGR Rodrigo Janot para um evento. Depois de falar do curso, comentou: "Tava aqui gerenciando msgs e vi que fui direto ao ponto kkkk Tudo bem com Vc? Espero que esteja aproveitando bastante, tomando muita água de coco e dormindo o sono dos justos rs Agora, vou te dizer, Vc faz uma faaaaaaaaaaltaaaaaa"; ao que Janot respondeu: "Oi amigo kkkkkkk Considero sim mas teremos que falar sobre cache. Grato pela lembra."

  • Veja a reportagem da Folha em parceria com o The Intercept Brasil.

Vazamentos

Migalhas reuniu, em site exclusivo, todas as informações e desdobramentos dos vazamentos envolvendo a operação Lava Jato. Acesse: vazamentoslavajato.com.br

t

informativo de hoje

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

-