sábado, 27 de novembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Ex-procurador afirma que membros da Lava Jato apoiaram Bolsonaro
Entrevista

Ex-procurador afirma que membros da Lava Jato apoiaram Bolsonaro

Carlos Fernando Lima destacou ser evidente o apoio, já que Haddad é de partido que queria derrubar a operação.

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Em entrevista à GloboNews, ex-procurador da Lava Jato Carlos Fernando Lima, reconheceu que membros da Lava Jato apoiaram Bolsonaro.

No programa GNews Painel, comandado pela jornalista Renata Lo Prete, o procurador afirmou que o apoio era evidente, em contraposição à candidatura de Fernando Haddad, que representaria, na visão deles, a destruição da Lava Jato.

"Existem 'lavajatistas' que são a favor do Bolsonaro, evidente. Muito difícil seria ser a favor de um candidato que vinha de um partido que tinha o objetivo claro de destruir à Lava Jato."

Assista:

"Vivemos esse dilema, dilema do menos pior", disse. "Naturalmente, entre a Lava Jato, muitos entenderam que o mal menor era o Bolsonaro", afirmou. Para ele, a decisão era óbvia pelas circunstâncias. "Haddad representava justamente tudo aquilo que nós estávamos tentando evitar, que era o fim da operação. Agora, infelizmente o Bolsonaro está conseguindo fazer."

 Bate-papo entre juiz e procurador

Na entrevista, o ex-procurador também admitiu que é comum os membros do MP trocarem mensagens com os juízes por Telegram. "Essa é a modernidade. Qual a diferença de ser presencial e ser pelo 'zap'?"

Lima também minimizou o envolvimento do então juiz Federal Sergio Moro nas investigações da Lava Jato. Segundo ele, o sistema brasileiro é inquisitorial e dá ao juiz o direito de produzir provas.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 29/8/2019 10:45