Migalhas

Sexta-feira, 10 de abril de 2020

ISSN 1983-392X

Comemoração

Andrade Maia Advogados celebra 23 anos de história no MASP

Em total sinergia com a banca, o local escolhido converge com a representatividade do primeiro museu moderno do país.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

 O escritório Andrade Maia Advogados comemorou ontem, no MASP, vinte e três anos de sucesso. O local escolhido representa não só a paixão da banca pela arte, mas a total sinergia com o museu, onde convergem a forma crítica e criativa, que valorizam o passado de olho no presente, a partir das artes visuais e de um Direito moderno e de qualidade. Valores ressaltados pela diretora do MASP Juliana Sá, que agradeceu publicamente os serviços voluntários prestados pela banca.

t

Há algum tempo, os trabalhos pro-bono desenvolvidos pelo escritório estão totalmente voltados a esse universo cultural, diverso, inclusivo e plural. Além do MASP, eles atendem também o IMS - Instituto Moreira Salles e o SP-Arte. Foi o Andrade Maia que trabalhou para que os aeroportos brasileiros deixassem de cobrar taxas de armazenamentos das obras pautadas no valor de mercado das peças, e sim baseadas em seu peso.

Sem deixar de lado as raízes da banca fundada em Porto Alegre, embalou a comemoração um pocket show do gaúcho Yamandu Costa, violonista, compositor e arranjador e indicado ao Latin Grammy 2018.

t

O prestigiado evento contou com a participação de amigos e clientes e  proporcionou aos convidados uma visita exclusiva às exposições "Histórias das Mulheres artistas antes de 1900" e "Histórias Feministas artistas depois de 2000". A primeira traz histórias narradas por meio de obras feitas por mulheres que viveram no norte da África, nas Américas (antes e depois da colonização), na Ásia, na Europa, na Índia e no território do antigo Império Otomano em quase cem trabalhos, que datam do século 1 ao 19. Já a segunda, reúne obras de 30 artistas e coletivos que emergiram no século 21 e que trabalham com base em perspectivas feministas, ampliando um debate que ganhou visibilidade nas artes visuais entre os anos 1960 e 1980, mas que segue cruzando lutas, narrativas e conhecimentos. 

Além de fomentar a cultura e a arte, o escritório também se preocupa com a educação. Há um ano, eles fundaram o Instituto Andrade Maia, que tem como objetivo informar e orientar cidadãos sobre seus direitos e deveres, além de promover a cidadania e a educação jurídica. Por meio do projeto, eles levam informação jurídica para escolas, empresas e ONGs, com o intuito de desmistificar a linguagem forense, facilitar sua compreensão e conscientizar a sociedade da sua importância, estimulando o debate, a reflexão e a democracia para a formação de cidadãos mais conscientes.

Com mais de 300 integrantes e 40 sócios, distribuídos em 4 cidades (São Paulo, Porto Alegre, Brasília e Salvador), ao longo de sua história, o escritório tornou-se especialmente reconhecido pela qualidade dos serviços prestados nas áreas de direito cível, trabalhista e tributário. Afinal, como eles dizem, as leis são as mesmas, os advogados, não.

t

patrocínio

Advertisement

últimas quentes