domingo, 31 de maio de 2020

ISSN 1983-392X

Vídeo

Diretor dá dicas para gravar vídeos em casa

Diego Pignataro fala sobre câmera, iluminação, gestos e cenário para gravar bons vídeos de casa. Assista.

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Gravar vídeos em casa é, mais do que nunca, uma realidade. Em tempos de pandemia, fomos convidados a conhecer novas ferramentas e encontrar diferentes formas de nos comunicar.

Para ajudar o migalheiro nesta missão, conversamos com um expert: o diretor Diego Pignataro, que deu dicas sobre câmera, iluminação, gestos e cenário para gravar bons vídeos, mesmo que no conforto do lar.

O jornalista argentino é diretor artístico da Nonstop Produções, empresa de influenciadores digitais e criadores de conteúdo, e conta com um currículo de peso. Diego dirigiu programas da TV brasileira como o CQC e o Programa do Porchat, especiais de humor na Netflix, como o de Felipe Neto, e hoje trabalha com grandes nomes do entretenimento na internet, como Whindersson Nunes - dono de um dos canais do Youtube com mais inscrições no Brasil, com mais de 39 milhões de inscritos.

t

Entre as dicas de Diego está o uso do computador para gravações, em vez de celulares. Além de garantir firmeza na gravação, o computador permite melhor enquadramento, e também que as mãos fiquem livres para gesticular.

Ele também fala da importância de uma boa iluminação. O ideal, lembra, é que a fonte de luz frontal não esteja muito próxima do rosto. E, sempre que possível, é interessante o uso de uma luz "contra", ou seja, oposta à luz principal, que ajuda a gerar profundidade e recortar o protagonista do fundo. 

Quanto ao cenário, o diretor é categórico: "as vezes os lugares comuns são piores do que tentar ser original ou ser verdadeiro".

No fim das contas, o que importa mesmo é ter um bom conteúdo, diz o experiente diretor, sempre cuidando para que a mensagem seja passada de forma clara ao espectador.

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram