domingo, 12 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Judiciário

Anamatra manifesta irrestrita solidariedade ao STF e seus ministros

Nos últimos dias, Celso de Mello foi alvo de indireta de Bolsonaro após derrubar o sigilo da reunião ministerial que levou à saída de Moro do governo.

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Diante das recentes declarações do presidente da República acerca da atuação do STF, a Anamatra – Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho emitiu nota pública externando “irrestrita solidariedade ao Supremo Tribunal Federal e seus Ministros, e a todos os magistrados e magistradas, alvos de abjetos, insólitos e injuriosos ataques”.

Nos últimos dias, o ministro Celso de Mello foi alvo de indireta de Bolsonaro após derrubar o sigilo da reunião ministerial que levou à saída de Moro do governo. Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais um trecho da lei de abuso de autoridade.

A democracia está intrinsecamente relacionada à independência judicial. A magistratura não se omitirá na defesa do Poder Judiciário”, assinalou Noemia Porto, presidente da associação. De acordo com a presidente, “o mínimo intuito antidemocrático deverá ser punido da forma mais exemplar: com o máximo rigor do mesmo ordenamento que se pretendia suprimir”.

  • Veja a íntegra da nota.

t

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram