sexta-feira, 16 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Inimizade

"A partir das 15h30, já estava embriagado", diz Gilmar Mendes sobre Janot

Os ministros julgavam ação penal contra o senador Valdir Raupp quando Gilmar Mendes relembrou que Rodrigo Janot foi o responsável por oferecer a denúncia contra Raupp.

terça-feira, 6 de outubro de 2020

Enquanto proferia seu voto em ação penal contra o ex-senador Valdir Raupp, o ministro Gilmar Mendes criticou o ex-PGR Rodrigo Janot: "A partir das 15h30, este senhor já estava embriagado e, por isso, fez tantas estripulias".

Rodrigo Janot foi o responsável por apresentar a denúncia contra o ex-parlamentar em 2016, por ter recebido doações de R$ 500 mil da Queiroz Galvão em troca da manutenção de Paulo Roberto Costa na diretoria de abastecimento da Petrobras.

Gilmar Mendes votou por absolver o parlamentar e enfatizou não só o contexto da apresentação da denúncia, mas o responsável por ela, ou seja: Janot. 

Em outubro do ano passado, Migalhas entrevisou o ex-presidente Lula, que contou que sabia da "farmacinha" de Janot, apelido de geladeira com bebidas na PGR.

O agastamento entre Gilmar Mendes e Rodrigo Janot vem de longa data. O ex-PGR já chegou a revelar que, no momento mais tenso de sua passagem pelo cargo, chegou a ir armado para uma sessão do STF com a intenção de matar o ministro Gilmar Mendes.

"Não ia ser ameaça não. Ia ser assassinato mesmo. Ia matar ele [Gilmar] e depois me suicidar."

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 6/10/2020 17:59

LEIA MAIS