sexta-feira, 16 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Propaganda irregular

Justiça Eleitoral suspende propaganda irregular realizada pelo prefeito de Jandira/SP

Paulo Barufi é candidato à reeleição.

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Em decisão liminar, a juíza Eleitoral Juliana Moraes Corregiari Bei, da 304ª Zona Eleitoral de Jandira/SP, determinou a suspensão de propagandas irregulares realizadas pelo prefeito do município, Paulo Barufi, candidato à reeleição.

(Imagem: Reprodução/Facebook Paulo Barufi)

(Imagem: Reprodução/Facebook Paulo Barufi)

O pedido foi feito pelo advogado Tony Chalita, que representa o candidato Henri Sato. Segundo eles, Barufi aparece em postagens feitas nas redes sociais fazendo campanha e utilizando instrumentos de propaganda vedados pela legislação, como placas em formato "pirulito" e pedindo votos em estabelecimentos comerciais.

Na avaliação da juíza, "há indícios de prática da conduta vedada prevista no artigo 37, da Lei 9.504 de 1997, impondo a imediata exclusão das postagens que veiculam a propaganda irregular e fixação de astreintes para a hipótese de descumprimento da obrigação de não fazer, a fim de evitar a repetição da conduta".

Sendo assim, determinou que sejam retiradas as postagens no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 10 mil, e proibiu a realização de novos atos de propaganda em estabelecimentos comerciais com utilização de placas "pirulito", sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

A representação foi movida pelo escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados.

  • Processo: 0600511-77.2020.6.26.0304

Leia a decisão.

_____

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 7/10/2020 08:38

LEIA MAIS