segunda-feira, 19 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Caso Mariana Ferrer

CNMP irá analisar conduta de promotor do caso Mariana Ferrer

O vídeo da audiência foi divulgado nesta terça-feira, 3, e mostra o advogado do acusado sendo agressivo com a vítima.

terça-feira, 3 de novembro de 2020

(Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado)

(Imagem: Marcos Oliveira/Agência Senado)

A corregedoria do Conselho Nacional do Ministério Público - CNMP foi instada a analisar a conduta do promotor de Justiça que atuou na audiência do caso Mariana Ferrer, no qual a influencer acusa um empresário de estupro. O vídeo da audiência foi divulgado nesta terça-feira, 3, e mostra o advogado do acusado humilhando a vítima, diante do magistrado e do promotor.

No ofício enviado pelo conselheiros Sandra Krieger, Fernanda Marinela, Luiz Fernando Bandeira de Mello, Otavio Luiz Rodrigues Jr. e Luciano Nunes Maia Freire afirmam que as cenas são "grotescas" e demonstram a falha do sistema de Justiça e a incapacidade estrutural de lidar com o respeito às vítimas, "especialmente nos crimes praticados contra mulheres, cuja condição de vulnerabilidade mereceria a maior proteção e respeito por parte de todos os agentes públicos".

"O pior de tudo é que, pelo trecho divulgado, nem o magistrado e nem o promotor de Justiça que partipavam da audiência tiveram a iniciativa de intervir para que cessassem a verdadeira tortura psicológica sofrida pela sra. Mariana Ferrer, que chorou enquanto pedia por aquilo que deveria ser o mínimo: respeito."

Para os mencionados conselheiros, a atuação do promotor de Justiça foi omissa, sendo que em nenhum momento interviu para que fossem cessadas as agressões.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 4/11/2020 07:50

LEIA MAIS