quinta-feira, 22 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Honorários

Advogado faz acordo com hamburgueria e aceita receber parte dos honorários em cachorros-quentes

O acordo foi feito em ação trabalhista de um ex-funcionário com a empresa.

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Uma ação trabalhista envolvendo uma tradicional hamburgueria de Cuiabá e um ex-empregado foi solucionada em audiência de conciliação com uma inusitada negociação ao advogado.

Como parte do pagamento dos honorários advocatícios sucumbenciais, percentual que a parte vencida paga ao representante da vencedora, ficou acordado que o advogado receberia 20 cachorros-quentes a serem consumidos no local.

(Imagem: Freepik)

(Imagem: Freepik)

Um chapeiro de uma hamburgueria de Cuiabá ajuizou ação trabalhista após ter sido demitido sem justa causa durante a pandemia do coronavírus. O trabalhador foi contratado em julho de 2019 e demitido em março deste ano, quando tiveram início as medidas de distanciamento social.

Em audiência de conciliação realizada por videoconferência no último dia 30 de outubro, ficou acordado o recebimento de R$20 mil em verbas rescisórias divididas em 10 parcelas. O acordo também resolveu uma pendência entre as partes de uma moto que foi comprada no nome do empregador.

Honorários inusitados

A negociação, porém, não parou por aí. Referente aos honorários advocatícios sucumbenciais, percentual que a parte vencida paga ao representante da vencedora, ficou acordado que o advogado receberia mil reais e, como complemento, 20 cachorros-quentes a serem consumidos no local.

Ao final da audiência e já em clima de descontração, as partes concordaram que o fornecimento dos lanches constaria em ata como parte do pagamento do advogado do autor pelo trabalho realizado.

  • Processo: 0000632-46.2020.5.23.0006

Veja a decisão.

Informações: TRT-23

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 13/11/2020 06:27

LEIA MAIS