terça-feira, 9 de março de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Concurso

Candidata tomará posse após 1ª colocada de concurso ser eliminada

A primeira colocada teve sua nomeação tornada sem efeito por conta da anulação de sua prova objetiva.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Candidata de concurso poderá tomar posse no cargo após primeira classificada ter tido sua prova objetiva anulada. Decisão é do juiz Federal substituto Henrique Jorge Dantas da Cruz, da 1ª vara Federal Cível da SJ/PA.

A autora da ação prestou concurso público para o cargo de analista do seguro social e de técnico do seguro social. O certame ofertou duas vagas para o cargo pretendido. A impetrante foi aprovada em terceiro lugar e a primeira colocada teve sua nomeação tornada sem efeito por conta da anulação de sua prova objetiva.

(Imagem: Freepik)

(Imagem: Freepik)

Segundo o juiz, a resistência em nomear a autora para o cargo gravita em torno do fato de a anulação da nomeação da primeira colocada ter ocorrido após a expiração do prazo de validade do concurso.

Para o magistrado, a nomeação da primeira colocada foi anulada por vício de origem (ilegalidade). "Sendo vício de origem, a anulação desse ato administrativo opera efeitos ex tunc", afirmou.

"A primeira colocada nunca ocupou essa classificação e a impetrante sempre foi, legitimamente, a segunda colocada, de modo que ela tem direito subjetivo à nomeação, pois o concurso ofertou duas vagas para o cargo pretendido."

Por essas razões, determinou que a autora tome posse no cargo.

Leia a decisão.

Publicidade

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/1/2021 08:00

LEIA MAIS