segunda-feira, 19 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Promoção

Resultado do sorteio do e-book "Visual Law: Como os Elementos Visuais Podem Transformar o Direito"

São 12 artigos escritos por pesquisadores do grupo de pesquisa VisuLaw.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Organizada por Bernardo de Azevedo e Souza e Ingrid Barbosa Oliveira, a obra "Visual Law: Como os Elementos Visuais Podem Transformar o Direito" (Thomson Reuters - Revista dos Tribunais - 172p.) é composta de 12 artigos escritos a partir de óticas interdisciplinares, cada qual abrangendo um recorte temático e revelando as inúmeras interlocuções possíveis entre o Direito e o design. 

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Os artigos são acompanhados de facilitações gráficas, tanto no começo, sob a forma de folhas de rosto (que antecipam informações relevantes antes que a leitura seja iniciada), quanto no corpo dos textos (reunindo ícones, QR Codes, fluxogramas e outros recursos visuais para facilitar a compreensão e a retenção dos conteúdos).

Todas as ilustrações foram pensadas para oferecer aos leitores a melhor experiência possível. Além dos 12 artigos que abordam as intersecções entre o Direito e o design de forma original, o leitor terá a oportunidade de desfrutar de um prefácio escrito por Alexandre Zavaglia, um dos profissionais pioneiros em difundir o campo no país.

Embora tenham sido lançados e-books sobre o tema, este é o primeiro livro (físico, impresso) a ser lançado sobre o tema no Brasil. Há muito a explorar na coletânea, que oferece recortes temáticos relevantes sobre o campo. De acordo com o professor Alexandre Zavaglia, em trecho extraído do prefácio da obra:

Ao longo de seus capítulos, o livro trata de temas novos e de grande relevância, sobre como o design jurídico e o Visual Law podem contribuir para a eficiência da jurisdição, para democratizar o acesso à justiça, como método adequado para resolução de conflitos e os demais impactos dos recursos visuais no âmbito jurídico. Ainda, sobre o uso desses artifícios nos contratos, como ícones de privacidade diante da LGPD, na compreensão do Direito Espacial, nas questões relacionadas aos planos de saúde, no Direito Eleitoral e demais aplicações por departamentos jurídicos e escritórios de advocacia. - Alexandre Zavaglia

Sobre os organizadores:

Bernardo de Azevedo e Souza é advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. 

Ingrid Barbosa Oliveira é mestre em Direito, com experiência e conhecimentos em Direitos Internacional, Direito do Consumidor e Responsabilidade Civil. Especialista em Direito Espacial e usos militares do Espaço.

__________

Ganhadora:

Alessandra Corrêa Santos, de Curitiba/PR

 

t

__________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 5/2/2021 09:12