sexta-feira, 27 de maio de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Ex-presidente da Ajufe deixa magistratura pela advocacia privada
Magistratura | Advocacia

Ex-presidente da Ajufe deixa magistratura pela advocacia privada

O juiz Federal Fernando Mendes foi presidente da Ajufe no biênio 2018-2020 e hoje anunciou a transição de carreira da magistratura para a advocacia privada.

terça-feira, 30 de março de 2021

Nesta terça-feira, 30, o juiz Federal Fernando Mendes anunciou que deixará a magistratura para voltar à advocacia privada. O magistrado foi presidente da Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil entre os anos de 2018 e 2020.

No comunicado em que anuncia a mudança profissional, Fernando Mendes relata que esta foi a decisão mais difícil de sua vida, mas que se sente no dever de "continuar a caminhada": "Agora, 25 anos depois, nessa nova velha estrada, a advocacia privada, onde tudo começou em 1996".

(Imagem: André Coelho e Renato Costa/ASCOM Ajufe)

Juiz Federal Fernando Mendes no dia da posse como presidente da Ajufe (13/6/18)(Imagem: André Coelho e Renato Costa/ASCOM Ajufe)

Mendes foi juiz Federal substituto em Guarulhos e no Fórum Criminal de SP até 2009. Posteriormente, com a promoção a juiz Federal, Fernando Mendes trabalhou em Coxim/MS, Itapeva/SP e Guarulhos.

"Até pouco tempo, com o final do meu mandato na AJUFE, imaginava que minha carreira profissional estivesse realizada. Era quase que um sentimento de missão cumprida, porque fiz concurso para a magistratura federal por muitas razões, mas uma delas - e talvez a mais importante - foi o sonho de um então estudante de direito de ser juiz federal no nosso famoso Fórum Pedro Lessa."

Veja a íntegra do comunicado.

(Clique na imagem para ampliar)

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 30/3/2021 14:10