terça-feira, 27 de julho de 2021

MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Unimed deve diminuir reajuste de plano de saúde de 52% para 8,14%
Índice | ANS

Unimed deve diminuir reajuste de plano de saúde de 52% para 8,14%

Magistrada constatou que o reajuste da paciente foi muito superior ao índice estabelecido pela ANS.

segunda-feira, 21 de junho de 2021

A Unimed deverá diminuir o reajuste no plano de saúde de uma cliente de 52% para 8,14%. Ao decidir, a juíza em exercício Cristina Sodre Chaves, de Miracema/RJ, constatou que o reajuste da paciente foi muito superior ao índice estabelecido pela ANS.

(Imagem: Pxhere)

Reajuste do plano de saúde da paciente foi muito superior ao índice estabelecido pela ANS. (Imagem: Pxhere)

A paciente requereu a revisão das cláusulas contratuais do plano de saúde, com a aplicação do índice para reajuste das mensalidades com base no índice IPCA obtido nos últimos doze meses.

Ao analisar o caso, a magistrada ressaltou que a ANS regula tanto os planos individuais/familiares quanto os coletivos empresariais e por adesão, inclusive no que se refere ao reajuste.

No entanto, a magistrada salientou que as regras para definição e aplicação são diferenciadas, tendo sido estabelecido que, nos planos individuais ou familiares, o percentual máximo de reajuste que pode ser aplicado pelas operadoras, para o período de maio de 2020 a abril de 2021, é de 8,14%.

A juíza observou que no caso concreto, o reajuste das mensalidades do plano de saúde da paciente no mês de janeiro de 2021 foi de, aproximadamente, 52%, muito superior ao índice estabelecido pela ANS.

"Vê-se que não houve mudança de faixa etária dos beneficiários a justificar o aumento do percentual aplicado pela ré. O perigo de dano se evidencia pela essencialidade dos serviços contratados que poderão ser suspensos caso a autora não efetue o pagamento das mensalidades."

Assim, deferiu a antecipação parcial da tutela para determinar que a Unimed providencie a emissão dos boletos com vencimentos a partir do mês de janeiro de 2021, obedecendo o índice de reajuste estabelecido pela ANS (8,14%), no prazo de cinco dias.

O advogado Rubens Amaral Bergamini, do escritório Rubens Amaral Bergamini Sociedade de Advogados, atua na causa.

  • Processo: 0002735-64.2021.8.19.0034

Veja a decisão.

_______

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 21/6/2021 17:59

LEIA MAIS