terça-feira, 7 de dezembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. "Motel é local para afagos", diz juiz ao decretar prisão de agressor
Denúncia

"Motel é local para afagos", diz juiz ao decretar prisão de agressor

Casal tentou reatar relacionamento, mas o acusado agrediu a companheira por curiosidade de olhar seu celular.

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

O juiz de Direito José de Souza Brandão Netto, de Entre Rios/BA, decretou a prisão preventiva de um homem acusado de agredir sua companheira no motel. Na decisão, o magistrado ressaltou que o local é para afagos e carinho e não para agressão.

(Imagem: Pxhere)

Homem agrediu companheira ao tentar reconciliação em motel.(Imagem: Pxhere)

Consta nos autos que o casal tentou reatar o relacionamento dentro do motel, no entanto, o acusado, agrediu a companheira por curiosidade de averiguar seu celular. Segundo relato, a vítima conseguiu escapar e pediu socorro na recepção do motel.

A autoridade policial pediu a prisão preventiva do acusado alegando que existem provas da existência do crime e indícios suficientes da autoria. Segundo a polícia, em laudo de exame de lesões corporais foi confirmada a ofensa à integridade física da periciada.

Ao analisar o caso, o magistrado observou que o acusado, em vez de ter momento de carinho com a vítima, quedou por agredi-la e, por sorte, ela conseguiu escapar.

"Motel é local para afagos e carinho e não para agressão!"

Diante disso, decretou a prisão preventiva do acusado pela prática dos delitos previstos no art. 129, §9º do CP e ameaça tipificado no art. 147 do CP c/c lei 11.340/06 em seu art. 7º, II, na forma do art. 69 do CP.

  • Processo: 8001007-07.2021.8.05.0076

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 18/10/2021 14:02