segunda-feira, 29 de novembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. STF: Advogado esquece palavras na sustentação e Rosa Weber ajuda
Sustentação oral | STF

STF: Advogado esquece palavras na sustentação e Rosa Weber ajuda

A ministra completou a frase que o causídico iria dizer. Em seguida, Rosa Weber consolou o advogado ao afirmar que esse tipo de situação "acontece" mesmo.

quinta-feira, 11 de novembro de 2021

Não é tarefa simples fazer uma sustentação oral. Realizá-la na frente do plenário do STF, então... haja calma e concentração!

Acontece que, por mais preparado que um advogado esteja, percalços podem acontecer. Foi o que passou hoje um advogado na Tribuna do Supremo: no meio de sua linha de pensamento, o causídico esqueceu algumas palavras.

O advogado foi salvo, então, pela ministra Rosa Weber, que completou as palavras que faltavam. É possível, ainda, ouvir a ministra consolando o advogado: "acontece".

Advogado: Livre iniciativa, igualdade, e...

Advogado: e....

Advogado: hãn...

Rosa Weber: ... autonomia universitária!"

Desembargador ou ministro?

Em uma outra sessão, o advogado Alberto Zacharias Toron confundiu o título da magistratura de Marco Aurélio: o patrono chamou o decano do STF de "desembargador" em vez de "ministro".

Marco Aurélio levou toda a situação na brincadeira e agradeceu o título dado: "é uma honra muito grande ser apontado como desembargador".

Alberto Toron só percebeu o deslize depois da intervenção de Marco Aurélio ao afirmar: "Eu falei desembargador?! Tem dias que a gente dá uma viajada".

Finalizando a "confusão", Marco Aurélio questionou:

Decano: "Em que Tribunal de Justiça V. Exa. me colocaria?"

Toron: "No melhor, no melhor!".

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 11/11/2021 19:30