quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Marcas Metrus e Metropar fazem acordo de coexistência pacífica
INPI

Marcas Metrus e Metropar fazem acordo de coexistência pacífica

INPI não manifestou resistência aos termos, e acordo foi homologado pela Justiça.

terça-feira, 23 de novembro de 2021

O Metrus - Instituto de Seguridade Social obteve na Justiça um acordo de convivência de marcas com a Metro, marca de titularidade da empresa Metropar Administração e Participações LTDA.

O acordo, que teve a anuência do INPI, permite que as empresas operem de forma harmônica no mercado. O acordo foi homologado pelo juiz Federal substituto Guilherme Correa de Araújo, da 25ª vara Federal do Rio de Janeiro.

(Imagem: Pexels)

Justiça homologa acordo para convivência harmônica de marcas Metrus e Metropar.(Imagem: Pexels)

A autora, empresa que atua no serviço de previdência, buscou na Justiça a nulidade do ato que indeferiu seu pedido de registro. Narrou que utiliza o nome Metrus desde 1980 atendendo aos metroviários de São Paulo, e que detém a marca mista Metrus. Afirma que a segunda ré teria apresentado oposição ao registro junto ao INPI, alegando como anterioridades impeditivas marcas mistas contendo a expressão Metro, mas que estas seriam posteriores à primeira Metrus.

Sintetiza, ainda, que as sociedades não são concorrentes, e que convivem pacificamente.

Inicialmente, o INPI manifestou-se contrariamente ao deferimento do pedido. Mas, posteriormente, as partes apresentaram acordo em que o autor se comprometeu a tomar certas medidas, como comprovar a distinção entre os produtos e serviços e proceder com a renúncia parcial do registro, restringindo sua especificação para que a marca Metrus seja usada para identificar serviços voltados apenas aos empregados ou associados de patrocinadores ou instituidores do titular da marca.

Ante a apresentação de acordo, e manifestação do INPI sem qualquer resistência aos termos, o juiz realizou a homologação.

O processo foi acompanhado pelo advogado Eduardo Ribeiro Augusto, da banca SiqueiraCastro, que representa os interesses do Metrus, e pelo advogado Paulo Parente Marques, da DiBlasi e Parente, que representa a Metropar.

Confira a decisão.

______________

t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 23/11/2021 15:57