sábado, 28 de maio de 2022

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Qual o custo de vida em algumas cidades nos EUA? Advogado traz dados
Direito Internacional

Qual o custo de vida em algumas cidades nos EUA? Advogado traz dados

De acordo com o especialista, os gastos para uma vida confortável nos Estados Unidos variam de US$ 5,4 mil até US$ 7,6 mil por mês, dependendo do Estado e dos gastos de cada família.

domingo, 23 de janeiro de 2022

Existem muitas suposições sobre o custo de vida nos Estados Unidos. Alguns, dizem que é possível viver no país com US$ 2 mil por mês, enquanto outros dizem que são necessários ao menos US$ 5 mil para ter uma vida tranquila dos EUA.

A tabela apresentada pelo advogado Daniel Toledo (Toledo Advogados Associados) mostra dados colhidos de famílias que vivem nos Estados da Flórida, Califórnia, Texas e Massachusetts. De acordo com a pesquisa, os gastos para uma vida confortável nos Estados Unidos variam de US$ 5,4 mil até US$ 7,6 mil por mês, dependendo do Estado e dos gastos de cada família.

(Imagem: Freepik)

Advogado analisa qual o custo de vida nos EUA. (Imagem: Freepik)

Daniel Toledo, advogado que atua na área do Direito Internacional, realizou uma pesquisa com famílias que vivem em quatro Estados diferentes dos Estados Unidos. Nessa consulta, ele coletou dados sobre gastos com plano de saúde, aluguel, mercado, gasolina, vestuário, entre outros itens.

De acordo com o advogado, nos Estados Unidos há muito gasto com vestuário, geralmente, porque as pessoas secam as peças na secadora, o que costuma danificar o tecido.

Já com relação aos planos de saúde, é necessário ter um bom corretor de seguros, escolhendo a categoria ideal para o orçamento. A principal diferença entre um plano silver, gold e platinum é a quantia gasta em caso de internação em uma UTI, "então, é algo que geralmente pode ser analisado dependendo de cada cidadão".

Sobre o custo com combustível e passeios, Toledo revela que é um dos valores que mais varia entre os Estados: "muda muito conforme o perfil de cada um. Quem está na Califórnia, por exemplo, está pagando uma fortuna na gasolina, enquanto quem vive no Texas gasta menos, já que o Estado possui diversas refinarias".

Com relação ao entretenimento e lazer, Toledo destaca que cada família gasta um valor diferente: "alguém que está na região de Orlando, por exemplo, gasta muito mais com passeios devido aos parques que existem na região. Por outro lado, uma família que reside no Texas, provavelmente vai gastar menos".

Em relação à farmácia/mercado, o advogado afirma que o valor é variável, pois depende do lugar em que cada família compra os itens de casa. "Algumas pessoas gastam mais, outras muito menos. É comum comprar produtos de limpeza, maquiagem e vários outros itens na farmácia enquanto boa parte faz suas compras na Amazon, então é algo que varia", esclarece o especialista.

Segundo o advogado, esses dados desmistificam informações de que o custo de vida no país é extremamente baixo, com casos de famílias que vivem tranquilamente com uma renda de US$ 2 mil.

"Quem está se programando para ir aos Estados Unidos, deve ficar atento a esses valores, pois estes são os custos da vida real. É possível reduzir esses valores em, talvez mil dólares, mas se você ouvir alguém falando que é possível manter um padrão de vida altíssimo com U$ 3 mil por mês, saiba que não é bem assim que funciona e provavelmente você vai perder qualidade de vida", finaliza Toledo.

_______

 t

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 25/1/2022 12:11

Patrocínio