MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Dois homens e duas mulheres compõem lista de advogados ao TSE
Futura lista tríplice

Dois homens e duas mulheres compõem lista de advogados ao TSE

Os nomes sugeridos são: Rogéria Fagundes Dotti, Vera Lúcia Santana Araújo, André Ramos Tavares e Fabricio Juliano Mendes Medeiros.

Da Redação

quinta-feira, 28 de abril de 2022

Atualizado em 3 de maio de 2022 09:33

O presidente do TSE, ministro Edson Fachin, anunciou uma relação equilibrada com os nomes de duas mulheres e dois homens para composição de futura lista tríplice para a vaga de ministro substituto, antes ocupada pelo ministro Carlos Mário Velloso Filho.

As advogadas e os advogados sugeridos pelo TSE para compor a lista são: Rogéria Fagundes Dotti; Vera Lúcia Santana Araújo; André Ramos Tavares e Fabricio Juliano Mendes Medeiros. A partir de agora, a proposta será encaminhada ao STF, que escolherá três dentre os quatro nomes para remeter a escolha final à presidência da República. 

 (Imagem: Angelo Rigon/Flickr)

Fachin propõe lista com duas advogadas e dois advogados para compor o TSE.(Imagem: Angelo Rigon/Flickr)

O anúncio foi feito durante o seminário #ParticipaMulher - Por uma Cidadania Plena, realizado hoje pelo Tribunal para debater a representatividade e a igualdade feminina, o combate à violência política de gênero, o assédio contra as mulheres, bem como destacar os 90 anos da conquista do voto feminino no Brasil.

"A praxe e os ritos nos levaram a ter sete juízes homens no Colegiado [atualmente] e, por isso, é preciso mudar. Neste momento, anuncio a todos e a todas que esta Presidência está encaminhando ao Supremo Tribunal Federal uma relação de quatro nomes. E por que quatro? Exatamente pela paridade. Dois homens e duas mulheres", explicou Fachin.

O TSE é composto por, no mínimo, sete ministros, sendo três oriundos do STF, dois representantes do STJ e dois da classe dos advogados.

Lista exclusivamente feminina

Em junho de 2021, pela primeira vez na história, o STF aprovou uma lista tríplice composta exclusivamente por mulheres para ocupar uma vaga no TSE. Na ocasião, integravam a lista os nomes das advogadas Ângela Baeta Neves, Marilda Silveira e Maria Cláudia Bucchianeri. Por fim, Bucchianeri foi escolhida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para compor a Corte Eleitoral.

Informações: TSE. 

Patrocínio

Patrocínio Migalhas