MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Banco deve indenizar cliente em R$ 7 mil por fraude em empréstimo
Danos morais

Banco deve indenizar cliente em R$ 7 mil por fraude em empréstimo

Colegiado concluiu que a instituição financeira, antes de aceitar a suposta contratação, não tomou as cautelas necessárias para verificar os dados do consumidor.

Da Redação

quarta-feira, 7 de setembro de 2022

Atualizado às 08:06

Banco terá de indenizar em R$ 7 mil consumidor que foi vítima de fraude em empréstimo. Assim entendeu a 37ª câmara de Direito Privado do TJ/SP ao concluir a instituição financeira não apresentou documentos que comprovem que o cliente foi responsável pela contratação. 

Na Justiça, um homem alegou que terceiros estelionatários utilizaram seus dados para financiar um veículo com um banco. Narrou, ainda, que a instituição financeira, sem a devida cautela, autorizou o financiamento fraudulento. Nesse sentido, pleiteou pela nulidade do contrato e indenização por danos morais pelo ocorrido. 

Na origem, o juízo de 1º grau declarou nulo o contrato de financiamento e condenou a empresa a pagar indenização no valor de R$ 7 mil a título de danos morais. Inconformado, o banco interpôs recurso.

Ao votar, o desembargador Sergio Gomes, relator, destacou que caberia a instituição financeira fazer prova de que o consumidor foi responsável pela contratação, o que não ocorreu. Segundo o magistrado, "a empresa não produziu prova de que tenha tomado as cautelas necessárias para verificar os dados do autor que já era seu cliente - antes de aceitar a suposta contratação".

No mais, pontuou que a conduta do banco causou nítidos danos ao consumidor, "danos estes que não se refletem em meros aborrecimentos ou situação cotidiana sem desdobramentos outros, mas sim em abalo moral"

Nesse sentido, o colegiado negou provimento ao recurso para manter a sentença. 

 (Imagem: Freepik)

Banco deve indenizar em R$ 7 mil cliente por fraude em empréstimo.(Imagem: Freepik)

O advogado Paulo Antonio Papini atua na causa. 

Leia o acórdão.

Patrocínio

Patrocínio Migalhas