MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Desembargador Fernando Garcia é eleito presidente do TJ/SP
Eleição

Desembargador Fernando Garcia é eleito presidente do TJ/SP

Alguns cargos ainda serão definidos em segundo turno.

Da Redação

quarta-feira, 8 de novembro de 2023

Atualizado às 12:52

O desembargador Fernando Antonio Torres Garcia foi eleito, em primeiro turno, presidente do TJ/SP no biênio 2024/2025, com 199 votos. Também concorria o desembargador Guilherme Gonçalves Strenger, que recebeu 155 votos. Já o desembargador Francisco Eduardo Loureiro, candidato único à Corregedoria Geral da Justiça, obteve maioria absoluta dos votos (339) e assumirá o cargo no próximo biênio. 

A definição para o cargo de vice-presidente será no segundo turno. Concorrem o desembargador Artur Cesar Beretta da Silveira, que recebeu 162 votos, e o desembargador Luís Francisco Aguilar Cortez, que obteve 113 votos. Também concorria o desembargador Álvaro Augusto dos Passos, que recebeu 79 votos. O segundo turno acontece hoje, 8, das 13 às 16 horas, exclusivamente por sistema online.

A Escola Paulista da Magistratura terá como diretor o desembargador Gilson Delgado Miranda. A chapa única obteve 320 votos e também é composta pelos desembargadores Ricardo Cunha Chimenti (vice-diretor); Sérgio Seiji Shimura e Claudia Grieco Tabosa Pessoa (seção de Direito Privado); Wanderley José Federighi e Flora Maria Nesi Tossi Silva (seção de Direito Público); Guilherme de Souza Nucci e Alexandre Carvalho e Silva de Almeida (seção de Direito Criminal); e pela juíza de entrância final Maria Rita Rebello Pinho Dias.

 (Imagem: Divulgação/TJ/SP)

Desembargador Fernando Antonio Torres Garcia.(Imagem: Divulgação/TJ/SP)

Presidências das seções

A seção de Direito Criminal elegeu seu presidente em primeiro turno. Estará à frente da seção o desembargador Adalberto José Queiroz Telles de Camargo Aranha Filho, que obteve 48 votos. Também era candidato o desembargador Alex Tadeu Monteiro Zilenovski, que recebeu 30 votos.  

Haverá segundo turno para as presidências das seções de Direito Privado e Público. No Direito Privado concorrem os desembargadores Heraldo de Oliveira Silva (92 votos) e José Jacob Valente (91) votos. Como não houve maioria absoluta, a disputa segue para o segundo turno. No Direito Público estão no segundo turno os desembargadores Ricardo Cintra Torres de Carvalho (39 votos) e Décio de Moura Notarangeli (32 votos). Também concorria o desembargador Sidney Romano dos Reis, com 17 votos.

Votação

O primeiro turno da eleição para os cargos de direção e cúpula do TJ/SP e da EPM ocorreu hoje, da zero hora ao meio-dia, exclusivamente por sistema online, acessível para desembargadoras e desembargadores. O resultado foi anunciado logo após o período de votação, no Salão dos Passos Perdidos do Palácio da Justiça, com a presença de muitos integrantes do Tribunal Pleno, juízes, servidores e público em geral. 

Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente do TJ/SP, desembargador Ricardo Mair Anafe, auxiliado pelo decano do TJ/SP, desembargador José Carlos Gonçalves Xavier de Aquino, e pelos presidentes das seções de Direito Público e Criminal, desembargadores Wanderley José Federighi e Francisco José Galvão Bruno, respectivamente.

O segundo turno acontece hoje, das 13 às 16 horas, exclusivamente por sistema online. O anúncio do resultado após o período de votação, no Salão dos Passos Perdidos do Palácio da Justiça. 

Patrocínio

Patrocínio Migalhas