MIGALHAS QUENTES

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Migalhas Quentes >
  4. Resultado do sorteio da obra "Odisseia do Direito Quântico: o desvendar quântico da Lex Animata"
Promoção

Resultado do sorteio da obra "Odisseia do Direito Quântico: o desvendar quântico da Lex Animata"

A capa do livro, ilustrada por Eduardo Kobra, reflete, nas palavras do próprio artista, as três dimensões dos direitos humanos: a liberdade, a igualdade e a fraternidade.

Da Redação

quarta-feira, 13 de dezembro de 2023

Atualizado às 09:46

A obra "Odisseia do Direito Quântico: o desvendar quântico da Lex Animata", de autoria de Ricardo Sayeg (HSLAW), Willis Santiago Guerra Filho e Wagner Balera, busca estabelecer uma ponte entre a lei, a condição humana e a realidade, em uma época de revolução 5.0, na qual a Inteligência Artificial invade todas as áreas com a proposta mecanizada de eficiência e da alta produtividade. 

 (Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)

Os autores defendem que as normas jurídicas devem ser seguidas, mas sempre considerando a realidade e a condição do ser humano. O desafio de integrar as perspectivas do direito positivo, dos direitos humanos e do denominado "direito realidade" se fazem ainda maiores na era da tecnologia e da aplicação ilimitada do algoritmo. O conceito é inédito e visto como algo inovador no cenário mundial.

Para Ricardo Sayeg, líder do projeto do livro e do grupo de estudos de Direito Quântico da PUC-SP, essa teoria transporta o direito à consciência quântica, já aplicada em diversas outras áreas do conhecimento. Essa nova perspectiva integra conceitos da física quântica para entender e aplicar os princípios jurídicos de forma mais integrada e holística, à luz da ciência moderna.

"A conclusão é a proposta de uma fórmula de direito que se sobrepõe à ideia de perfeccionismo dos algoritmos, um direito mais humanizado. O direito quântico é uma singularidade entre a norma (a lei), a humanização e a realidade. Não renuncia a nenhuma dessas premissas. No meio acadêmico, não existia nenhuma perspectiva nesse sentido até então", destaca Sayeg.

A capa do livro, ilustrada por Eduardo Kobra - artista brasileiro reconhecido mundialmente por seus murais e uma das presenças confirmadas para o lançamento -, reflete, nas palavras do próprio artista, as três dimensões dos direitos humanos: a liberdade, a igualdade e a fraternidade. Para o artista, o livro defende essas premissas de forma clara, trazendo a mensagem de direitos humanos e de dignidade regendo a singularidade quântica do próprio direito.

Sobre os autores

Ricardo Sayeg é professor livre-docente em Direito Econômico pela PUC-SP. Sócio do escritório HSLAW.

Willis Santiago Guerra Filho é professor titular do Centro de Ciências Jurídicas e Políticas da UNIRIO e livre-docente em Filosofia do Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Wagner Balera é professor titular de Direitos Humanos, coordenador do Núcleo de Direitos Humanos e livre-docente em Direito Previdenciário pela da PUC-SP, são renomados especialistas em suas respectivas áreas, combinando décadas de experiência em direito e pesquisa acadêmica. Eles trazem uma perspectiva única e inovadora para o campo do direito, desafiando convenções e propondo novas maneiras de pensar sobre questões jurídicas.

-----

Ganhador:

  • Alexandre André Mónaco Alcántara, de Juiz de Fora/MG.

HSLAW