segunda-feira, 12 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Estudantes de Direito da USP elegem nova diretoria para o Centro Acadêmico XI de Agosto

X

segunda-feira, 12 de novembro de 2007


Largo São Francisco

Estudantes de Direito da USP elegem nova diretoria para o Centro Acadêmico XI de Agosto

Na madrugada da última sexta-feira, 9/11, encerraram-se as eleições para diretoria do Centro Acadêmico XI de Agosto, entidade representativa dos estudantes da Faculdade de Direito do Largo São Francisco - USP.

O novo presidente é Paulo Henrique Rodrigues Pereira, 23 anos, da chapa Movimento Resgate Arcadas, grupo que fará, a partir de 1o de dezembro, sua segunda gestão à frente da entidade estudantil mais antiga do país - fundada em 1903. A outra gestão do Movimento Resgate deu-se em 2006, sob a presidência de Caio Miranda Carneiro; Paulo era tesoureiro naquela ocasião.

Este ano, em agosto, o XI de Agosto esteve constantemente sob o foco da mídia, em razão da ocupação por movimentos sociais na faculdade (Migalhas 1.730 - 31/8/07 - "XI de Agosto" - clique aqui) . Na ocasião, ocorreu uma assembléia de deposição do atual presidente, Ricardo Leite Ribeiro. Vale lembrar que tal assembléia não possuiu caráter estatutário, e foi desconhecida pela diretoria do Centro Acadêmico.

A chapa de Ricardo, o grupo "Fórum da Esquerda", concorreu à reeleição, mas foi derrotada logo no 1º turno. O Movimento Resgate disputou o 2º turno das eleições com o Escória.

O grupo Movimento Resgate obteve 42% dos votos no 1o turno, e atingiu 695 votos no 2º turno, quase o dobro de votos da chapa do Escória, que obteve 349 votos.

O Movimento Resgate Arcadas surgiu em 2004 na faculdade, e desde então participou de 4 pleitos, vencendo dois deles. Por meio de uma ideologia pautada no pluralismo político e na participatividade, o Resgate foi responsável por importantes feitos, como o papel decisivo na aquisição de um novo prédio à Faculdade de Direito e no saneamento financeiro da entidade.

Farão parte também da nova diretoria estatutária do XI os estudantes Leonardo Gomes Miranda e Ricardo de Almeida, diretores-gerais; Pedro Henrique Soares Ramos e Bruno Bergmanhs, tesoureiros; Thais Ferreira Ortega, secretária-geral; e Raphael Rufca, secretário de organização.

As diretorias do XI, historicamente, não são restritas aos cargos previstos no estatuto de Centro Acadêmico XI de Agosto, datado de 1983. Os membros dos grupos concorrentes, além de alunos desvinculados que atuam na gestão, também são considerados diretores do XI.

_____________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 12/11/2007 08:32