quarta-feira, 12 de agosto de 2020

ISSN 1983-392X

Debate sobre novos procedimentos de inquirição de testemunhas é aprovado no Senado

quinta-feira, 24 de abril de 2008


Depoimento sem dano

Debate sobre novos procedimentos de inquirição de testemunhas é aprovado no Senado

A CAS aprovou ontem requerimento das senadoras Patrícia Saboya - PDT/CE e Lúcia Vânia - PSDB/GO para a realização de uma audiência pública sobre mudanças na legislação processual penal e estatutária da criança relativas à regulação do "depoimento sem dano", tomado mediante a incorporação de novos procedimentos de inquirição de testemunhas.

Nesse processo, com recursos de câmaras filmadoras e equipamentos de gravação em audiências, evita-se o contato direto entre a vítima e o acusado e a repetição dos depoimentos em processos judiciais que versem sobre crimes sexuais quando a vítima ou testemunha for criança e adolescente.

A audiência, conforme o requerimento aprovado, será realizada em conjunto com as CCJ e CDH.

Para o senador Paulo Paim - PT/RS, a violência contra as crianças está se tornando uma verdadeira epidemia no Brasil. Assim, avalia o parlamentar, essa experiência do DSD promove a proteção psicológica da criança vítima de violência sexual. Ele declarou que, em Porto Alegre, esse sistema tem funcionado muito bem.

Internet

Durante a reunião, a presidente da CAS, senadora Patrícia Saboya, lembrou que, durante os trabalhos da CPI da Pedofilia, foi obtida a quebra de sigilo telemático para que seja possível a identificação não somente dos responsáveis por esse crime, mas também dos usuários desse tipo de violência por meio da Internet. Ela opinou que isso servirá para diminuir a ocorrência de violência sexual contra menores.

A senadora Rosalba Ciarlini - DEM/RN disse que a Internet, que representa um avanço da sociedade, não pode ser usada como veículo para esses crimes hediondos.

"Cabe a nós, legisladores, impedir que isso aconteça, protegendo nossas crianças", disse.

Entre os convidados da audiência pública sobre o "depoimento sem dano", deverão constar representantes do Poder Judiciário e do MP, dos conselhos profissionais e de representações governamentais e não-governamentais a serem definidos.

Também foi aprovado requerimento do senador Antônio Carlos Valadares - PSB/SE para a inclusão de um representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Seguridade Social na lista de convidados para a audiência pública, já aprovada pela comissão, que debaterá ações e métodos de combate à epidemia de dengue no município do Rio de Janeiro.

Por iniciativa da senadora Patrícia Saboya, foi incluído o secretário nacional da Juventude, Luiz Roberto de Souza Cury, na lista de convidados da audiência pública, já aprovada na CAS, para avaliar as políticas públicas para a juventude voltadas para a capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho. Deverão participar ainda do debate representantes dos Ministérios do Trabalho e Emprego, da Educação e do Desenvolvimento Social.

_________________

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram