domingo, 11 de abril de 2021

MIGALHAS QUENTES

Publicidade

Tedesco planeja crescer 20% em 2009

Empresa líder no segmento de desenvolvimento de soluções tecnológicas para departamentos jurídicos corporativos, a Tedesco Tecnologia (www.tedesco.inf.br) encerrou o ano de 2008 com um crescimento de 32% em seu faturamento em comparação ao desempenho registrado em 2007. Neste período, a carteira de clientes superou a marca de 300 empresas, com a conquista de nomes como Perdigão, Souza Cruz, Redecard e Robert Bosh.

sexta-feira, 5 de junho de 2009


Tedesco planeja crescer 20% em 2009

Carteira de clientes supera a marca de 300 empresas e faturamento cresce mais de 30% pelo sexto ano consecutivo

A Tedesco Tecnologia encerrou o ano de 2008 com um crescimento de 32% em seu faturamento em comparação ao desempenho registrado em 2007. Neste período, a carteira de clientes superou a marca de 300 empresas, com a conquista de nomes como Perdigão, Souza Cruz, Redecard e Robert Bosh.

"A Tedesco vem crescendo desde 2002 a uma taxa média anual de 37,7%, o que confirma o acerto da estratégia de focar nossa atuação no segmento de departamentos jurídicos corporativos", comenta seu diretor, Álvaro Barreto. Segundo o executivo, a exigência cada vez maior de transparência em todas as transações das empresas, em especial as de maior porte, acabou por conferir um novo status aos departamentos jurídicos, que passaram a ser vistos como estratégicos para a formulação das políticas corporativas.

"O atual cenário de crise vivido pela economia mundial expôs a importância de as empresas terem um controle preciso sobre todas as suas operações. Transparência é palavra de ordem e para que esse monitoramento seja eficaz é fundamental o investimento em soluções que entreguem um diagnóstico confiável de todas as operações legais realizadas", analisa Álvaro Barreto, que projeta um crescimento mínimo de 20% este ano, apesar do cenário econômico adverso.

Para 2009, a empresa aposta firme em sua mais nova solução: o Tedesco Compliance, uma ferramenta que proporciona ao departamento jurídico uma visão global dos riscos da empresa, sendo totalmente compatível com as recomendações das principais normas internacionais. Com a ajuda de recursos gráficos, o gestor pode tomar, em conjunto com os demais departamentos, as decisões corretas e necessárias para minimizar drasticamente a exposição da empresa ao risco.

"É uma solução que vai ao encontro da atual demanda do mercado por maior controle das operações e aumento da margem de segurança das empresas, que não querem mais ser pegas de surpresa, tendo que arcar com pesados prejuízos", conclui Álvaro.

________________

__________________

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 5/6/2009 07:57